Como abrir uma empresa de segurança com 6 dicas práticas

As oportunidades no ramo de segurança crescem a cada dia. É possível criar inúmeros negócios, visto que a segurança pública no país vai de mal a pior. Este sentimento de insegurança colabora para que mais pessoas recorram à segurança privada. Neste artigo você vai conferir algumas dicas práticas sobre como abrir uma empresa de segurança.

Este mercado é amplo, visto que sua empresa poderá ser especializada em diversos tipos de segurança.

É possível prestar serviços de segurança para empresas e instituições, segurança particular para famílias, empresários ou pessoas famosas, transporte de valores, segurança de evento, entre tantas oportunidades.

Apesar de muitas oportunidades, o ramo de segurança é muito concorrido e já possui empresas sólidas que conquistaram boa parte do mercado. Mesmo assim, é possível encontrar o seu espaço com um serviço de qualidade e criatividade para criar diferenciais para o seu negócio.

Confira abaixo as dicas sobre como abrir uma empresa de segurança com sucesso. Veja o que é essencial ao seu negócio e dê os primeiros passos para ter sua própria empresa de segurança.

Como abrir uma empresa de segurança

1 – Conheça detalhadamente o mercado de segurança:

dicas práticas sobre como abrir uma empresa de segurançaO primeiro passo para montar um negócio de sucesso é conhecer detalhadamente o mercado que você estará atuando. Logo, você precisa desvendar todos os segredos deste tipo de negócio.

Uma experiência interessante para você é trabalhar como funcionário em empresas de segurança similares ao negócio que você pretende montar. Assim você poderá aprender detalhes que só podem ser vistos de dentro de uma empresa.

Você também precisa conhecer as verdadeiras necessidades do público alvo que você pretende atingir.

Veja o que eles esperam de uma empresa de segurança, quais os motivos para contratar sua empresa, quais os diferenciais que eles esperam de sua empresa e o que seria impeditivo para fecharem negócio com você.

2 – Tenha foco em um ramo da segurança privada:

Como falado no início do artigo existem inúmeras oportunidades de negócio para você montar uma empresa de segurança. Entretanto, cada tipo de negócio exigirá de você uma equipe personalizada, equipamentos diferentes e treinamentos diferentes.

Por isso, é interessante começar um negócio com foco em uma atividade, como por exemplo segurança em eventos ou segurança particular.

Manter o foco inicialmente em uma atividade fará com que sua empresa seja especialista nas atividades que você vai exercer. Você pode fazer disto um diferencial para seu negócio.

Com o passar do tempo você poderá ampliar a atuação de sua empresa, conforme sua disponibilidade financeira e de estrutura de sua empresa.

3 – Contrate uma equipe especializada em segurança:

A terceira dica sobre como abrir uma empresa de segurança é montar uma boa equipe para sua empresa.

Para isso você deverá contratar profissionais com perfil para o ramo de atuação de seu negócio. O foco em uma única atividade fará com que você contrate pessoas com perfil mais adequado para os serviços que sua empresa oferece.

Uma boa equipe deve ser bem treinada e sempre estar atualizada com as normas e regulamentações existentes no Brasil. Para isso, é importante que sua empresa ofereça cursos de atualização e aprimoramento, para que todos estejam prontos para prestar um serviço de excelência.

Sua equipe estará em contato direto com seus clientes, eles são peça chave para a satisfação de seus clientes e consequentemente a manutenção e ampliação de contratos realizados.

4 – Monte uma estrutura adequada para sua empresa:

Sua empresa também precisará de uma estrutura adequada. Esta é a quarta dica sobre como abrir uma empresa de segurança.

É importante que você mantenha uma sede com estrutura para receber seus clientes e uma estrutura de apoio para sua equipe de trabalho. Além disso, sua empresa também vai precisar de toda estrutura administrativa que qualquer negócio precisa.

Fornecer bons equipamentos para sua equipe de trabalho também é fundamental. Uma empresa de segurança necessita de diversos equipamentos, que podem variar conforme os serviços que são prestados.

A sua empresa deverá fornecer aos profissionais uniformes, rádios para comunicação, veículos, equipamentos de proteção individual e até mesmo as armas utilizadas no dia a dia.

5 – Planeje uma estratégia de atuação para sua empresa:

Apesar de ser um ramo de negócio com muitas possibilidades é também um ramo muito concorrido.

Por isso, é necessário que você faça um planejamento de como será o processo de abertura de sua empresa e o posicionamento de sua empresa no mercado.

É importante planejar cada detalhe de seu negócio, como os processos internos, a estratégia de marketing, os custos do seu negócio, a necessidade de investimento inicial e capital de giro, os processos financeiros e contábeis, entre tantos detalhes fundamentais para uma empresa.

Além destes processos é importante que você planeje como você deseja que sua empresa seja vista no mercado.

Você precisa escolher uma forma de mostrar para o mercado que sua empresa é diferente, você pode utilizar o preço para se diferenciar, o suo de tecnologias diferenciadas, ou um atendimento de alta qualidade.

6 – Regularize sua empresa corretamente:

A última dica sobre como abrir uma empresa de segurança é regularizar seu negócio corretamente.

Todas as burocracias convencionais exigidas para todo negócio podem ser feitas com auxílio de um bom profissional de contabilidade. É importante definir um contrato social, porte da empresa, formatação jurídica e tributação.

Além dos processos convencionais é importante estar atento à legislação específica para empresas de segurança.

Caso sua empresa necessite do porte de armas é necessário obter a licença para o porte de armas junto à Polícia Federal. Vale lembrar que seus funcionários devem pegar as armas no início do expediente e devolve-la ao fim do expediente.

Últimas palavras

Como já foi falado, investir em negócios relacionados à segurança é uma ótima oportunidade no Brasil. Com o passar dos anos o clima de insegurança tem aumentado, muito em função da ineficiência das políticas públicas.

Proteger-se é um direito de todo cidadão e as empresas de segurança surgem como uma ótima opção.

Confira mais uma vez as dicas sobre como abrir uma empresa de segurança:

  • Conheça detalhadamente o mercado de segurança;
  • Tenha foco em um ramo da segurança privada;
  • Contrate uma equipe especializada em segurança;
  • Monte uma estrutura adequada para sua empresa;
  • Planeje uma estratégia de atuação para sua empresa;
  • Regularize sua empresa corretamente.

Caso você tenha alguma dúvida ou queira contribuir com o conteúdo é só deixar um comentário.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Alirio matias neto disse:

    Tenho uma empresa de pescados aberto a 6 meses, Quero transformar em empresa de segurança pode fazer isso ou não