Como abrir uma franquia: 13 Dicas práticas para ter sucesso

O mercado de franquias está em plena expansão no Brasil. Não é por falta de opções que uma pessoa não abre uma franquia. A questão é saber como abrir uma franquia bem sucedida.

Este tipo de negócio surgiu com a necessidade de as empresas expandirem sua atuação, mas sem a utilização de um capital próprio. Ou seja, a empresa fornece a marca, os produtos, a estrutura organizacional, estratégia de venda e marketing, enquanto o franqueado fornece o capital necessário para movimentar o negócio.

É certo que à primeira vista parece um excelente negócio, uma parceria perfeita entre marcas já estabelecidas e novos investidores. Pessoas como você, ávidas para construir um negócio de sucesso.

Entretanto, como todo negócio, a falta de um bom planejamento e clareza na negociação pode transformar o sonho do negócio próprio em um pesadelo. Por isso, é essencial saber os detalhes de como abrir uma franquia.

Este artigo pode te auxiliar a avaliar pontos importantes antes de aderir a uma franquia. Um bom planejamento e uma análise criteriosa das oportunidades do mercado poderão deixar você próximo de um grande investimento.

13 Dicas práticas sobre como abrir uma franquia

1 – Escolha o nicho de mercado:

dicas práticas sobre como abrir uma franquia de sucessoO primeiro passo é escolher um nicho de mercado ideal. Para esta escolha é importante que o produto ofertado seja compatível com o local onde a franquia será instalada. Além disso, devem ser verificados a existência de clientes potenciais e a perspectiva de crescimento.

Você deve realizar um bom estudo de mercado antes de optar por uma franquia. Além disso, é importante que você faça a opção por uma franquia que você goste de trabalhar. Será muito difícil para você lidar com uma franquia de pet shop se você não gosta de animais, ou uma franquia de roupas se você não tem interesse por moda.

Escolha uma franquia baseada nas opções do mercado e no seu gosto. Caso você fique em dúvida o que é mais decisivo o seu gosto ou o mercado, não tenha receito em optar pelo mercado. Nem sempre fazer o que gostamos é a melhor opção.

2 – Estude as opções no nicho de mercado escolhido:

Depois de escolher o nicho de mercado, por exemplo franquias de roupas, você deve estudar as opções que você tem. Hoje em dia, são inúmeras empresas com a opção e franquias.

É importante que antes de fazer os primeiros contatos ou preencher cadastros você faça uma pesquisa criteriosa, com dados importantes como valor de implantação, taxa de franquias, royalties, exigências da marca e um parecer pessoal do que você achou da estrutura da franquia.

Uma boa opção é visitar lojas das franquias que você tem como opção para conhecer como é a estrutura. Você pode até conversar com algum franqueado que já tem experiência, esta é a melhor forma de você ter uma perspectiva do seu futuro como franqueado.

3 – Não dê um passo maior do que as pernas:

Com uma boa pesquisa de mercado feita você vai verificar que existem opções muito distintas dentro do nicho que você escolheu. Algumas marcas são mais exigentes, enquanto outras são mais flexíveis a adaptações.

O que varia consideravelmente é o valor da franquia. É essencial que você tenha consciência dos custos que este negócio vai gerar para você. Além disso, muitas franquias não aceitam empréstimos para financiar o seu investimento na franquia, elas exigem investimento próprio de forma integral.

O ponto aqui é não dar o passo maior do que as pernas. Tenha consciência das suas possibilidades econômicas, encontre uma franquia que caiba no seu bolso. Caso a franquia que você tem interesse está com um valor acima do que você tem, avalie a opção do empréstimo com cautela, talvez seja interessante esperar um pouco mais para abrir seu negócio.

4 – Estude todas as normas e contratos:

Muitas pessoas acreditam que uma franquia é o mesmo que ter um negócio próprio. Entretanto não é assim que as coisas funcionam. Apesar de inúmeras propagandas divulgarem a franquia como uma oportunidade para você ser o seu chefe, esta situação é uma meia verdade.

A franquia é como uma parceria, de um lado está a empresa e do outro você. Saiba que você é o lado mais fraco da parceria, existem normas e procedimentos que talvez você não esteja de acordo. Por isso, estude tudo que está disponível, em especial os procedimentos de operação.

A vida de um franqueado não é tão independente como divulgado. Mais uma vez, insisto que se for possível, conheça outros franqueados e converse sobre este assunto.

Muitas franquias são inflexíveis na forma de atuar e mesmo que você também seja o dono do negócio, em diversas situações suas considerações não serão aceitas.

5 – Faça sua inscrição em mais de uma franquia:

Não tenha dúvidas em se inscrever em pelo menos três opções de franquias no seu nicho. O cadastro inicial e os primeiros contatos serão muito importantes para que você conheça mais detalhes das franquias.

Além disso, até a assinatura do contrato será constante a sua avaliação como candidato a franqueado. Ou seja, durante todo o processo de qualificação para determinada franquia você pode ser desclassificado.

Ter mais de uma opção na manga é essencial para que você não fique a ver navios.

6 – Esteja envolvido em todas as apresentações e entrevistas:

Participar de tudo que a franquia oferece antes da assinatura do contrato é essencial para que não fique dúvidas sobre todo o processo e sobre os procedimentos após a abertura do negócio.

Participe com intensidade, sem deixar nada escapar. É realmente o seu futuro que está em jogo. Seja muito sincero durante as entrevistas sobre o seu perfil de empreendedor, assim como você, as empresas que oferecem a opção da franquia querem que seus franqueados tenham sucesso. Por isso, escolhem pessoas que tenham o perfil ideal para o seu negócio.

Não queira enganar a empresa, pois no fim estará enganando a si mesmo.

7 – Não fique com dúvidas:

Após a assinatura do contrato e com todos os compromissos firmados não adianta alegar que não sabia disto ou daquilo, que não concorda com determinado procedimento e que você está com dúvidas quanto alguns pontos do contrato.

A hora de tirar suas dúvidas é ao longo do processo. Não deixe nada obscuro, tudo que você não tiver entendido com clareza pergunte aos representantes da empresa. Dúvidas importantes formalize por e-mail.

8 – Não tenha receio em abortar:

Esta dica é essencial, mesmo que você esteja com o processo de aceitação do seu pedido de franquia em um estágio adiantado não tenha dúvidas em abortar se necessário.

É melhor perder o tempo que você investiu até agora do que perder o seu investimento em algo que não estará te agradando. Avalie tudo com tranquilidade e não tenha medo de desistir do negócio se achar necessário.

9 – Escolha uma franquia com seu perfil:

Escolha algo que tenha a sua cara. A identificação com o perfil do negócio é essencial para que você tenha mais facilidade em colocar todos os procedimentos em prática.

Caso você goste de ser mais independente procure franquias mais flexíveis. Ou, se o seu desejo é somente seguir as regras e não ter que se preocupar com estratégias e planejamentos escolha uma franquia que irá te proporcionar isso.

Entretanto é importante você olhar para este negócio como um verdadeiro investimento, e que se necessário você deverá mudar hábitos e rotinas para se adequar a esta nova fase da sua vida.

10 – Não tome decisões precipitadas:

Não tenha pressa em avaliar os documentos da franquia. Neste tipo de situação, a pressa é realmente inimiga da perfeição.

Leia todos os documentos e contratos, inclusive as letras miúdas do fim da página. Não aceite cláusulas dúbias ou cláusulas contraditórias.

Para muitos não ter pressa é um grande desafio, pois ficam ansiosas de ver o negócio funcionando. Entretanto uma franquia é uma decisão de risco, e este risco deve ser avaliado com tranquilidade para que suas decisões não sejam precipitadas.

11 – Não aceite acordos verbais:

Outra dica é registrar tudo que for importante. Em especial acordos, negociações, dúvidas que foram esclarecidas do contrato ou dos procedimentos.

Você pode utilizar o e-mail para isso, ou até fazer documentos próprios para decisões importantes. Deixe tudo registrado e devidamente armazenado, é comum surgir imprevistos ou alguns pontos de vistas serem revistos ao longo do processo, ter tudo registrado será essencial para que você não seja prejudicado.

12 – Procure ajuda para avaliar números:

No início do processo de qualificação para franqueado é comum uma reunião de apresentação do negócio. Onde são fornecidos índices, números, dados e inúmeras informações financeiras que para muita gente podem não significar nada.

Caso você não saiba interpretar as informações fornecidas procure ajuda de um especialista. Dados contábeis, projeções de crescimento e informações financeiras podem ser um grande diferencial para o seu negócio.

Muitos detalhes de como abrir uma franquia de sucesso podem exigir um conhecimento técnico avançado que nem todos possuem, neste momento o importante é não ter dúvidas em recorrer a um profissional.

13 – Faça todos os treinamentos:

Boa parte das franquias fornecem um excelente treinamento para seus franqueado. Além de aprender sobre o negócio específico, o franqueado tem a oportunidade de aprender habilidades que são essenciais para qualquer tipo de negócio.

Arregace as mangas e faça todos os treinamentos disponíveis. Sempre temos algo novo a aprender.

Como abrir uma franquia de sucesso

Acredito que estas 13 dicas podem te ajudar a saber como abrir uma franquia de sucesso.

Existem excelentes oportunidades no mercado, basta você abrir os olhos para as oportunidades que estão à disposição. Não tenha pressa em decidir a franquia ideal para você, ter tempo para se planejar é essencial.

Compartilhe este artigo com seus amigos! Caso tenha alguma dúvida ou colaboração deixe aqui o seu comentário.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!