Como criar uma marca em 7 passos simples e práticos

Saber como criar uma marca é essencial para quem está começando seu próprio negócio. A sua marca será a primeira impressão para seus futuros clientes, por isso, é importante escolher uma marca adequada e não medir esforços no seu desenvolvimento.

É certo que boa parte dos empreendedores não possuem conhecimentos específicos para o desenvolvimento de uma marca. Neste caso é sempre bom contar com o auxílio de um profissional.

Entretanto, neste artigo você poderá aprender como criar uma marca de forma simples e prática. São dicas para você não se perder na hora de desenvolver sua marca.

Estas dicas também serão úteis para você que quer contratar um bom profissional. Assim você poderá acompanhar o serviço do profissional contratado com mais consciência do que está sendo feito.

O que é uma marca?

dicas de como criar uma marcaPrimeiro, é importante entendermos o que é uma marca. A palavra marca sempre teve o significado de um símbolo, uma característica ou confirmação de presença.

Por exemplo, quando um cavalo passa por uma estrada de terra ele deixa sua marca, ou seja, suas pegadas. As pegadas do cavalo são um sinal de que um cavalo este presente ali.

Hoje em dia a palavra marca está muito relacionada ao mundo dos negócios. De uma forma simples e prática podemos considerar a marca como um conjunto de símbolos, palavras e cores que identificam e diferenciam uma empresa e seus produtos dos demais concorrentes.

A marca é um símbolo carregado de significados. À medida que a marca ganha força entre seus clientes ela passa a exercer uma função de associação.

Quando o cliente vê a marca de determinada empresa ele consegue associar àquela marca às sensações já vividas, como prazer, alegria, tranquilidade, ou até mesmo, frustração, decepção e raiva.

Vamos então aos passos de como criar uma marca de sucesso para seu negócio.

Como Criar uma marca em 7 passos

1 – Defina de forma clara e objetiva sua empresa

O primeiro passo de como criar uma marca é definir de forma muito clara e objetiva o que é a sua empresa. O que você pretende vender ou quais serviços pretende prestar.

A definição do que é a empresa é importante para o desenvolvimento de uma marca que possa realmente transmitir aos clientes aquilo que sua empresa é na essência.

Outras questões também são importantes para a criação de uma marca, como a missão, os valores e a visão da empresa.

A missão é o verdadeiro propósito e responsabilidades do que a empresa ou organização se propõe a fazer.

A visão é uma descrição do futuro aspirado pela empresa.

Enquanto que os valores são o conjunto de princípios que guiam a empresa na execução de seus serviços em busca de alcançar seus objetivos.

2 – Defina o seu posicionamento no mercado

O próximo ponto é definir como você irá se posicionar no mercado que já existe. Como você está começando agora seu mercado encontrará concorrentes já estabelecidos e com uma posição estável no mercado.

A definição do posicionamento é importante, pois é por ela que você passará a desenvolver toda uma estratégia de marketing. Você pode se posicionar como o produto mais inovador, ou o produto mais eficiente ou com melhor custo benefício.

Quem sabe em alguns anos você possa se posicionar como a empresa líder do mercado.

É importante também definir uma voz para se comunicar com seus clientes. Esta voz é a maneira como você pretende manter uma comunicação. Sua comunicação será mais alegre e extrovertida, ou uma comunicação mais formal.

Esta forma de se comunicar interfere no desenvolvimento de sua marca e depende muito do seu público-alvo.

3 – Estude e defina o seu público-alvo

A definição do público-alvo é essencial no processo de como criar uma marca. É importante que você tenha consciência que uma marca precisa agradar mais aos clientes do que propriamente a você.

É claro que você conseguirá uma marca que agrade as duas partes, mas o grande objetivo da marca é conquistar os clientes, você já deve estar conquistado pelo seu próprio negócio.

O seu público-alvo irá interferi diretamente na escolha do nome, no desenvolvimento de um símbolo, na tipografia e nas cores da marca.

Um público-alvo pode até mesmo ser decisivo na utilização ou não de um slogan.

É certo que para um público-alvo feminino você terá opções de símbolos, tipografia e cores que são mais adequadas ao público feminino. Assim como existem símbolos, tipografia e cores que são mais adequados ao público masculino.

Por isso, para ter sucesso com a criação de sua marca não deixe de lado a parte mais importante do seu negócio, que são seus clientes.

4 – Escolha um nome adequado

A escolha de um nome para sua empresa deve ser feita sem pressa ou correria. É um processo que exige paciência e criatividade.

Na hora de escolher um nome não se limite somente às suas ideias, peça ajuda a seus amigos e familiares. Quanto mais ideias melhor. Não despreze nenhuma ideia, anote todas e depois avalie cada uma delas.

Evite nomes difíceis, é importante que sua marca seja identificada facilmente. Lembre-se do seu público-alvo na hora de escolher o nome, você poderá adotar termos que são comuns ou que tem um grande significado para seu público-alvo.

Aproveite sua criatividade e escolha um nome que possa representar realmente aquilo que seu negócio é.

5 – Utilize símbolos, quando necessário

É comum associarmos a marca somente ao símbolo, entretanto a marca é o conjunto de todas as características que definem e diferenciam uma empresa, como o nome, a tipografia, cores e um possível slogan.

Nem sempre é necessário que a marca tenha um símbolo específico. Muitas empresas apostam simplesmente no nome e em uma tipografia adequada.

Caso você deseje utilizar um símbolo, é importante que ele tenha um significado, que possa realmente transmitir algo para seu público-alvo.

Um bom símbolo pode auxiliar muito no processo de identificação de uma marca pelos clientes. Mas, um símbolo ruim só cumpre o papel de confundir os clientes e até mesmo diminuir o valor da marca.

Por isso, utilize os símbolos com sabedoria. No processo de como criar uma marca é importante ser objetivo e entender que menos pode ser muito mais.

6 – Escolha uma boa tipografia para o nome

Como falado anteriormente, nem sempre a utilização de um símbolo para compor uma marca é necessária ou adequada.

Na ausência de um símbolo que dê destaque para a marca é importante apostar em uma tipografia especial.

A tipografia é o tipo de letra escolhido para criação de sua marca. Existem diversos tipos de letra que você poderá escolher, e é certo que cada tipo de letra pode transmitir sensações diferentes.

O melhor a fazer é escolher várias tipografias e testar. Aproveite a ajuda das outras pessoas, não confie somente na sua opinião.

As tipografias também podem demonstrar muito sobre uma empresa ou produto. Existem tipografias que são mais adequadas por exemplo ao público feminino que ao público masculino.

Vale à pena gastar um bom tempo na escolha de uma tipografia adequada para a criação de sua marca.

7 – Utilize as cores corretas

As cores são carregadas de significado e podem dizer muito sobre sua empresa.

Este é o último passo de como criar uma marca de sucesso. Entretanto não é menos importante que nenhum dos outros, a ordem dos passos não diminui nem aumenta a importância de cada um deles.

Todos os passos são importantes e essenciais para uma marca de sucesso.

A escolha das cores deve estar condizente com os sentimentos e valores que você deseja transmitir pela sua marca.

Por exemplo, de forma simples e resumida as cores podem significar:

  • Preto: luxo, sofisticação, conforto e austeridade;
  • Branco: paz, limpeza, higiene e pureza;
  • Verde: esperança, tranquilidade e natureza;
  • Azul: confiança, segurança e calma;
  • Vermelho: intensidade, paixão, emoção e poder;
  • Amarelo: prosperidade, energia e felicidade;
  • Marrom: terra, estabilidade e resistência;
  • Laranja: calor, excitação e alegria.

Finalizando

Tenho certeza que estes 7 passos de como criar uma marca de sucesso poderão te auxiliar a colocar a mão na massa e começar a desenvolver uma marca adequada à sua empresa e seus produtos.

Lembre-se que, nenhum passo é mais ou menos importante que o outro. Por isso, todos devem ser bem executados para que o resultado final seja realmente satisfatório.

Boa sorte na criação de sua marca!

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!