Como empreender em tempos de crise com 7 dicas especiais

Para muitos empreendedores os momentos de crise são verdadeiras oportunidades para criação de novos negócios e produtos, mesmo com riscos maiores e baixa da economia. Mas, como empreender em tempos de crise e ter sucesso com uma nova empresa em um mercado em baixa?

Acredito que muitos já ouviram um famoso ditado “Enquanto alguns choram, outros vendem lenços”.

É inegável que uma crise é muitas vezes dura com boa parte da sociedade, entretanto ela também pode ser o motor para novos empreendedores.

Os tempos de crise podem provocar dois tipos de empreendedorismo, o empreendedorismo por inovação e o empreendedorismo por necessidade. O empreendedorismo por inovação acontece quando alguém identifica uma nova oportunidade e um novo produto, que reduza custos e facilite a vida das pessoas que estão passando pela crise.

Já o empreendedorismo por necessidade é aquele onde a pessoa não tem mais escapatória, geralmente já está desempregado, e vê como única opção montar seu próprio negócio para sobreviver.

A seguir você poderá conferir 7 dicas muito especiais de como empreender em tempos de crise e ter sucesso.

Como empreender em tempos de crise

O empreendedorismo por necessidade e o empreendedorismo por inovação possuem algumas diferenças importantes. O primeiro é geralmente mais lucrativo e exige algum tipo de inovação, como o desenvolvimento de nova tecnologia ou a descoberta de um novo produto.

Já o segundo é geralmente uma réplica de negócios já existentes, ou uma adaptação destes negócios, geralmente encontra um mercado com muita concorrência.

As dicas a seguir serão importantes para qualquer tipo de empreendedorismo, seja por inovação ou necessidade.

1 – Fortaleça sua mentalidade empreendedora:

dicas de como empreender em tempos de criseA primeira dica para aprender como empreender em tempos de crise é fortalecer sua mentalidade empreendedora.

Em momentos difíceis ter uma boa saúde psicológica e consciência dos seus objetivos é essencial. Para isto, fortaleça sua mentalidade, tenha foco no que deseja fazer e esteja disposto a se sacrificar por isso.

Este tipo de mentalidade é essencial para correr os riscos necessários, ser persistente e manter o foco no seu objetivo. Você poderá ser desestimulado por muitas pessoas, inclusive pelas pessoas mais próximas como amigos e familiares.

Seja otimista, mesmo que no início seu negócio não seja tão lucrativo como você esperava. É importante permanecer firme e se lembrar que fazer um negócio decolar em momentos de crise requer muito esforço.

2 – Cuidado com as dívidas em momentos de crise:

Outra dica importante para você que deseja empreender na crise é tomar cuidado com o endividamento.

Para isto, escolha pequenos negócios rentáveis com baixo investimento inicial. Faça a opção por oportunidades que exigirão pouco dinheiro e muito esforço. Compense a falta de dinheiro com criatividade e inovação.

As dívidas no início dos negócios podem inviabilizar sua empresa e comprometer seu orçamento familiar. Por isso, caso você tenha uma ideia que exija um financiamento externo tome muito cuidado.

Antes de fazer a opção pelo financiamento de sua ideia, verifique todas as condições financeiras e jurídicas, em especial as taxas de juros, impostos e garantias financeiras.

Existem inúmeras opções de negócios de baixo investimento, abra seus olhos para opções que antes poderiam ser desprezadas por você. Boas oportunidades podem estar mais próximas do que você imagina.

3 – Escolha um negócio que se mantém em momentos de crise:

A terceira dica para você que quer aprender como empreender em tempos de crise é escolher um nicho de mercado que seja realmente necessário em momentos de crise.

Exemplo simples são os nichos de manutenção de equipamentos, móveis, eletrodomésticos, eletrônicos, roupas e calçados.

Em tempos de crise a última opção é descartar algo, por isso, as pessoas passam a procurar com maior frequência serviços de manutenção e reparo, afim de economizar e evitar comprar um novo produto.

A questão é você fazer a preferência por serviços e produtos que sejam realmente necessários às pessoas. Começar um negócio que envolva a venda de produtos supérfluos em momentos de crise é muito difícil.

4 – Crie um negócio com um bom diferencial:

Você pode fazer a opção de entrar em um mercado concorrido e neste caso será necessário se diferenciar dos demais concorrentes.

Para isso você deve ser criativo e não ter medo de quebrar paradigmas do nicho de mercado que você irá trabalhar. Seja inovador e não tenha medo de fazer coisas diferentes para conquistar seu espaço no mercado.

Você pode diferenciar por um produto de qualidade acima dos concorrentes, pode se diferenciar com um preço mais baixo, pela qualidade do atendimento, pela implementação de uma nova tecnologia que traga benefícios práticos para os clientes, pela localização e tantas outras formas de inovação.

A criatividade e a capacidade de correr riscos serão essenciais para você se diferenciar no mercado.

É importante avaliar também qual a melhoria que os clientes esperam no seu nicho de mercado, os clientes podem estar ansiosos por preços mais baixos ou estão satisfeitos com o preço, mas preferem um serviço com melhor qualidade. Estude o mercado e faça a opção correta de inovação.

5 – Aprenda a ser um bom vendedor:

Uma qualidade essencial para um empreendedor é sua capacidade de vender bem. Não só vender, mas saber negociar contratos, fazer bons acordos e fechar ótimos negócios.

Para isso, você deve estar afiado e desenvolver características de um bom vendedor.

Caso você tenha dificuldades na área de vendas o primeiro passo é corrigir isso, é essencial para a sobrevivência do seu negócio que você venda bem. Faça um curso ou buque aprender técnicas de vendas para melhorar seu desempenho.

Você pode ter o melhor produto ou prestar os melhores serviços, mas se não tiver a capacidade de vender tudo isso por um preço adequado sua empresa nunca dará bom lucro ou poderá ir à falência.

6 – Faça um planejamento adequado:

Em comum em tempos de crise realizar ações improvisadas, sem pensar nos resultados futuros ou no desenvolvimento de um negócio de verdade. Você deve tomar cuidado para a ansiedade não superar a sua razão.

Por isso, para você que deseja aprender como empreender em tempos de crise é importante manter a calma. Faça tudo com tranquilidade e com consciência.

É claro que isso não tira de você o sentimento de urgência, mas vai te ajudar a organizar as ideias e colocar em prática ações que realmente serão importantes para você e seu negócio.

Tente planejar o seu negócio, estudar os seus clientes, conhecer os concorrentes, pesquisar fornecedores com baixo custo, traçar uma estratégia de vendas e por fim faça um cronograma do que você precisa fazer, começando pelas tarefas mais essenciais.

Planejar nos momentos de crise não é tarefa fácil, mas é necessário.

7 – Mantenha sempre os pés no chão:

A última dica para você aprender como empreender em tempos de crise é para mantar os pés no chão.

Isso é essencial, tanto nos momentos difíceis como nos momentos positivos. Muitas vezes, você poderá ser impactado emocionalmente pelo que ocorre em seus negócios e é importante você manter tudo isso sobre controle.

Por exemplo, quando você se deixa levar pela emoção é possível que você cometa erros tanto nos momentos positivos quanto nos negativos. Nos momentos negativos você poderá considerar que as dificuldades são muito mais difíceis do que realmente elas são e nos momentos positivos você pode considerar projeções de lucros e vendas muito maiores do que realmente serão.

Por isso, manter os pés no chão é essencial para qualquer tipo de negócio, independentemente se os resultados são positivos ou negativos.

Últimas palavras

Como falado no início deste artigo a crise pode ser um momento especial para a criação de novas oportunidades. É um momento único onde o dinheiro muda de mãos, e você pode se aproveitar deste momento para criar seu negócio.

Vale lembrar que pequenos negócios saem na frente dos grandes players do mercado em momentos de crise, por isso, encare as dificuldades e permaneça firme com seu objetivo.

Ainda ficou com alguma dúvida de como empreender em tempos de crise? Então deixe nos comentários.

Caso você queira compartilhar alguma dica ou sua experiência com negócios em momentos de crise fique à vontade e utilize também os comentários.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!