Como fazer e-mail marketing sem se tornar um spammer

Quando uma pessoa descobre uma boa oportunidade de negócio na internet, é natural que comece a pensar em mil maneiras de conseguir ganhar um bom dinheiro divulgando-a para o maior número de pessoas possível.

Porém, na ânsia de ganhar muito dinheiro rapidamente, algumas pessoas tomam algumas decisões e colocam em prática uma “estratégia” que é um verdadeiro câncer que afeta muito negativamente a imagem do negócio que está sendo promovido.

Essa estratégia perniciosa se chama spam.

Mas o que é spam?

dicas sobre como fazer e-mail marketingO spam é quando alguém envia uma mensagem sem autorização da pessoa que a recebe. Você certamente já recebeu centenas de mensagens indesejadas, e com certeza sabe o quanto isso é desagradável.

Infelizmente essa prática ainda é bastante comum, e até mesmo grandes empresas cometem o pecado de enviar mensagens não solicitadas para milhares de pessoas diariamente.

A maioria dos spams contém mensagens publicitárias, e não é incomum oferecerem propostas mirabolantes com o intuito de levar a pessoa a comprar alguma coisa.

O spammer, ou seja, a pessoa que envia spams, tem na sua mente que conseguirá fazer muitas vendas com essa prática, pois envia mensagens para milhares de pessoas.

No entanto, como veremos adiante, isso é um grave erro que pode levar o spammer a perder muito dinheiro – e também credibilidade, diga-se de passagem.

Os spams prejudicam a imagem do produto

Quando alguém envia mensagens não solicitadas, o que esta fazendo não é promovendo um produto ou serviço. Ao invés disso, a pessoa que faz spam na verdade está é provocando a ira das pessoas e promovendo a rejeição às futuras mensagens relacionadas ao empreendimento ou oportunidade em questão.

O resultado é que quanto mais spams forem enviados, mais pessoas construirão uma imagem desfavorável em relação ao empreendimento.

Então começarão as reclamações, e de repente o proprietário do produto ou serviço receberá uma enxurrada de queixas de pessoas que estão descontentes com as mensagens de promoção que estão recebendo relacionadas ao seu empreendimento.

Não é preciso dizer que isso é um grande problema, e se nada for feito, com o passar do tempo o problema se tornará tão grande que poderá até mesmo dificultar a sobrevivência do negócio no mercado.

É por isso que o spam é uma péssima estratégia, e é por isso também que é preciso ficar atento para evitar cometer erros na sua estratégia de e-mail marketing, pois os efeitos podem ser desastrosos para o seu negócio.

Como fazer e-mail marketing corretamente

O e-mail marketing é uma das formas mais eficazes de divulgação de serviços e produtos na internet. O verdadeiro e-mail marketing é realizado através de mensagens que são enviadas a pessoas que autorizaram o recebimento dessas mensagens.

Veja a diferença: os spams são enviados indiscriminadamente, e sem autorização dos destinatários. Por outro lado, no e-mail marketing as mensagens são enviadas para pessoas que autorizaram o recebimento dessas mensagens.

Existe outra diferença muito grande entre spams e e-mail marketing.

No e-mail marketing as mensagens são enviadas para pessoas que têm interesse legítimo no produto ou serviço que está sendo promovido. Nesse sentido, o e-mail marketing promove um produto para um público específico muito qualificado.

O que isso quer dizer?

Por exemplo, mensagens que promovem um curso de culinária são enviadas somente para pessoas que têm interesse em culinária, e que autorizaram o recebimento de mensagens com informações sobre culinária. Não são enviadas mensagens promovendo um curso de culinária para pessoas que não gostam de cozinhar, mas que gostam de tocar teclado.

No caso do spam, as mensagens são enviadas indiscriminadamente. Mesmo se a pessoa não tiver nenhum interesse em culinária, ainda assim ela receberá uma mensagem que promove um curso sobre o assunto.

Para trabalhar com e-mail marketing é importante construir uma estratégia para obter os e-mails das pessoas que se interessam por um determinado assunto, e então oferecer valor para elas. Depois você pode promover algum produto que tenha relação com os interesses do seu público-alvo.

Mas é preciso ter cuidado! Nunca envie mensagens somente com o interesse em realizar vendas, aprenda a dosar, ou seja, busque um equilíbrio entre informações de qualidade gratuitas e mensagens promocionais. Mas o que isso quer dizer?

Numa boa estratégia de e-mail marketing você não deve enviar apenas ofertas para os clientes e potenciais clientes. Além das ofertas, é importante que você envie para eles informações úteis, que os ajudem a solucionar determinados problemas. Essas informações devem ser de qualidade e totalmente gratuitas.

Portanto, para obter sucesso com o e-mail marketing não basta simplesmente enviar mensagens periódicas para o público-alvo, é preciso fazer isso de maneira equilibrada, estratégica e inteligente.

Conclusão

A prática de spam é algo muito prejudicial a qualquer negócio, contudo, no caso dos negócios na internet, ela pode ser ainda pior, pois pode levar as pessoas a desconfiarem da segurança e da honestidade dos negócios que funcionam 100% on-line.

A prática de spam é bastante perniciosa, sendo capaz de levar o spammer a perder totalmente a sua credibilidade, o que poderá comprometer seriamente a sobrevivência do seu negócio a médio e longo prazo.

Portanto, é preciso estudar bastante a respeito das boas práticas de e-mail marketing, e construir uma estratégia sólida, eficaz e focada sempre em atender bem ao cliente.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!