Como montar um food truck em 7 passos práticos

Neste artigo você vai aprender como montar um food truck de forma simples e prática. São 7 passos que irão te ajudar a planejar o seu negócio e conhecer mais esta grande oportunidade no ramo de alimentação.

Engana-se quem pensa que o food truck é apenas uma moda passageira, este tipo de negócio chegou ao Brasil para ficar.

Vender comida na rua é um dos negócios mais antigos e mais populares, entretanto o food truck foge do padrão convencional. A inspiração deste negócio é do mercado norte-americano.

Durante um período de crise muitos restaurantes norte-americanos foram obrigados a fecharem as portas. Os chefes destes restaurantes passaram então a vender comida da alta gastronomia nas ruas. Foi a solução encontrada para a crise financeira e desde então e aquilo que era um improviso tornou-se um grande negócio.

A oferta de uma alimentação sofisticada, com preços acessíveis e em um local de fácil acesso conquistou uma forte clientela. Além destes três aspectos básicos, soma-se aos food trucks uma forte personalidade, muito notada em sua aparência, cardápio e forma de atender.

Não deixe de conferir as 7 dicas de como montar um food truck, quem sabe esta não é a sua oportunidade de ter um negócio próprio?

7 Passos de como montar um food truck

1 – Verificar a legislação em vigor:

A experiência de ter um food truck foge do padrão de restaurantes e lanchonetes convencionais.

Por isso, o primeiro passo é consultar os órgãos reguladores e se esclarecer de todas as regras e exigências para manter o seu food truck funcionando.

Será necessário você consultar os seguintes órgãos:

  • Prefeitura do Município: apenas dois estados possuem legislação específica, São Paulo e Rio de Janeiro. É de suma importância que você consulte o seu município e conheça todas as normas e orientações para montar seu negócio;
  • Anvisa: a Anvisa possui uma legislação que é aplicada nacionalmente. São instruções para a produção de alimentos seguros, livres de contaminações. São as instruções RDC 216 e RDC 49;
  • Corpo de Bombeiros: é importante consultar o Corpo de Bombeiros da sua cidade, pois você estará carregando no seu veículo produtos inflamáveis e equipamentos elétricos;
  • Detran: por ser um “restaurante sobre rodas” que anda pelas vias públicas brasileiras também existem leis e instruções do Detran a serem observadas.

2 – Definir o cardápio:

dicas de como montar um food truckUm bom cardápio será essencial para o seu sucesso. Vale destacar que o cardápio de um Food Truck é diferente de um restaurante convencional. Você deverá dar preferência para a produção de pratos práticos e rápidos.

É claro que a praticidade e a velocidade na elaboração dos pratos não podem deixar de fora a sofisticação dos pratos. Os clientes de um Fook Truck são amantes de boa comida e estão sempre à procura de novidades e pratos com muito sabor.

Um ponto importante na hora da definição do seu cardápio é ter consciência da falta de espaço e que você não terá à disposição uma cozinha completa. Você estará em cima de um caminhão.

Por isso, planeje um cardápio inteligente com aquilo que você pode fazer de melhor. Aprimore suas receitas de modo que você consiga ganhar em praticidade e rapidez.

3 – Adquirir e adequar o veículo:

O próximo passo de como montar um food truck é a aquisição do veículo e sua adequação. Definir o cardápio e conhecer a legislação do seu município são pontos estratégicos para escolher um veículo adequado ao seu negócio.

A aquisição e adequação do veículo é o maior custo para quem quer começar a trabalhar com um food truck. Existem diversos modelos e tamanhos de veículos, além disso você pode optar por veículos novos ou usados.

Para uma boa adequação é interessante você contar com o auxílio de uma empresa especializada neste tipo de serviço, que já são fáceis de encontrar no Brasil.

A adequação do veículo pode ser dividida em duas partes. A adequação da estrutura do veículo e a personalização visual do veículo.

A adequação da estrutura deverá levar em conta todos os equipamentos e mobília necessários para a execução do seu cardápio, os aspectos mecânicos, de segurança e as normas dos órgãos reguladores.

A personalização visual será a principal propaganda do seu negócio. Você com certeza já foi induzido a comprar em um food truck pelo seu visual chamativo. A personalização deve ser uma marca única do seu negócio e que transpareça a sua identidade e de seus produtos. Vale à pena investir um pouco mais neste ponto.

4 – Planejar pontos de venda e rotas:

Antes de sair pelas ruas com seu food truck é importante você planejar os pontos de vendas e rotas que você vai fazer.

É certo que para vender bem você vai precisar de um local com grande movimento de pessoas em horários estratégicos, como horário do almoço, início e fim de noite.

Entretanto, em toda a cidade, existem limitações de locais e horários para estacionar o seu veículo. Encontrar um bom lugar será um grande desafio. Por isso, o próximo passo de como montar um food truck é planejar sua estratégia de vendas.

Além disso, estar sempre no mesmo lugar e no mesmo horário pode ser a melhor forma de fidelizar seus clientes. Muitos já estarão à sua procurar na hora do almoço ou no fim de uma festa.

Tome cuidado também com as rotas para chegar ao local que você deseja estacionar, veja se o tamanho do seu veículo é compatível com as vias e se o acesso será fácil até o local.

5 – Fazer um atendimento diferenciado:

O atendimento é a melhor forma de conquistar clientes em todos os negócios. Para os food trucks o atendimento é mais essencial ainda.

É importante que as pessoas se sintam acolhidas e bem atendidas em seu truck. Muitas pessoas continuaram comprando de você por se identificarem com a identidade do seu produto e pela sua personalidade.

A simpatia pelo seu produto será influenciada por comida muito saborosa, visual e personalidade do veículo, excelente atendimento e preço justo.

A excelência no atendimento pode fazer você se destacar em meio à concorrência.

Por isso, tenha atitude e demonstre sua personalidade ao atender, seja você mesmo. O food truck é uma excelente oportunidade para você ser quem realmente é.

É claro que sem deixar de lado a educação e gentileza ao tratar seus clientes.

6 – Fazer uma estratégia de Marketing:

Outro fator importante é traçar uma boa estratégia de Marketing para divulgação de seus produtos e dos locais onde você estará.

O visual do veículo é parte essencial em uma estratégia de marketing. É interessante que tudo esteja bem relacionado, ou seja, a identidade visual do seu veículo deve ser também utilizada nos panfletos, cartões e nas redes sociais.

As redes sociais merecem destaque quando o assunto é food truck. Por elas você poderá informar aos seus clientes os locais onde você vai estar durante a semana, promoções e qualquer inovação no cardápio.

Aproveite as redes sociais não só para falar da sua comida, mas para interagir com seus clientes. Você pode fazer isso com promoções, pesquisas de satisfação e sugestões de novos produtos para o cardápio.

Seja íntimo de seus clientes nas redes sociais e incentive que seus clientes compartilhem momentos felizes em seu food truck.

7 – Adotar preços justos para seus produtos:

O último passo de como montar um food truck é aprender a adotar preços justos para os produtos de seu cardápio.

Você não pode esquecer que os produtos de um food truck são sofisticados e você estará levando uma gastronomia exclusiva para seus clientes de forma acessível e rápida.

Tudo isto gera um valor agregado ao produto. Entretanto você deve tomar cuidado para não abusar no preço de seu produto.

A impressão que dá em alguns food trucks é que estão tentando reaver todo o investimento feito rápido demais. Quando fazem isso os preços sobem muito e consequentemente as vendas caem.

Por isso, tome cuidado com o preço dos seus produtos.

Finalizando

Antes de finalizar este artigo sobre como montar um food truck gostaria de deixar mais duas dicas.

A primeira é conhecer o maior número de food trucks possíveis. Experimente os produtos, avalie os preços e converse com os proprietários. Fale da sua ideia e de seu interesse em começar seu negócio também, pergunte sobre as principais dificuldades e peça dicas sobre o dia a dia de um proprietário de food truck.

A segunda dica é estar preparado para um investimento inicial relativamente alto. O investimento inicial é quase que exclusivamente a compra e adequação do veículo, que pode variar de 70 mil reais a 200 mil reais. Por isso, tenha os pés no chão na hora de adquirir seu veículo.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço e boa sorte em seu food truck.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!