Como montar um pet shop de sucesso com 7 dicas práticas

Muitas pessoas amam cuidar de animais de estimação e aproveitam para fazer disso uma oportunidade de negócio. Entretanto, grande parte dos pet shops que abrem no Brasil fecham rapidamente. Neste artigo você vai aprender como montar um pet shop de sucesso e evitar erros que possam comprometer o futuro do seu negócio.

É inegável que o mercado voltado para animais de estimação cresceu muito nos últimos anos e continua crescendo. O número de pessoas que investem pesado na qualidade de vida dos animais é muito grande hoje em dia.

Além disso, o mercado de utilidades para os animais de estimação aumentou consideravelmente as opções de produtos, não só voltados para os cuidados básicos como alimentação e limpeza, mas também para vestuário, lazer e conforto dos animais.

Mesmo com um mercado movimentado e em expansão o número de pet shops que não conseguem sobreviver é muito grande. Isso pode ocorrer à falta de planejamento, ineficiência na gestão, falta de bons cuidados com os animais e até mesmo inexperiência com a administração financeira.

Passo a passo de como montar um pet shop

É importante que você saiba que para manter um pet shop é necessário muito mais do que amor pelos animais.

Na maioria dos casos o dono de um pet shop estará muito mais envolvido na administração do negócio do que no contato direto com os animais. Por isso, esteja atento a este passo a passo de como montar um pet shop de sucesso.

1 – Estudo do mercado:

O primeiro passo de como montar um pet shop de sucesso é estudar o mercado. É necessário correr atrás do maior número de informações possíveis para embasar a construção do seu negócio.

O estudo do mercado envolve diversos pontos importantes como:

  • Estudo do público-alvo: você precisa entender quais são as verdadeiras necessidades dos clientes que frequentam um pet shop. Além disso, é importante conhecer a frequência com que estes clientes levam seus animais ao pet shop e a disponibilidade financeira do seu público-alvo;
  • Estudo dos concorrentes: é necessário conhecer seus concorrentes, desde os serviços que são prestados até a faixa de preço que trabalham. Conhecer os pontos fortes e fracos de seus concorrentes te colocará um passo na frente;
  • Estudo de casos de sucesso: outro ponto a ser estudado são os casos de sucesso. É interessante aprender com os melhores e ver o que diferencia estes empreendedores dos outros concorrentes.

2 – Planejamento do negócio:

7 Dicas de como montar um pet shopCom os dados em mãos o próximo passo é planejar o seu negócio. O planejamento envolve todas as áreas do negócio, desde a definição dos serviços prestados, a contratação dos profissionais, a escolha do local adequado e a disponibilidade financeira.

Muitos empreendedores falham em seus negócios pois são incapazes de planejar. Para ter um planejamento bem-sucedido é importante balizar as decisões em fatos e manter os pés no chão.

Outra vantagem de ter um bom planejamento é o controle sobre o negócio e a possibilidade de se preparar para os desafios que existem em todos os novos negócios.

Vale ressaltar que um planejamento não é algo fixo, ele deve ser adaptado à medida que o negócio é colocado em prática. É comum surgir imprevistos, ou até mesmo, a identificação de novas oportunidades, nestes casos é o momento de adequar o planejamento à realidade.

3 – A escolha do local adequado:

Alguns pontos de como montar um pet shop precisam ser avaliados com mais detalhes, um destes pontos é a escolha de um local adequado.

Um bom local para montar um pet shop deve possuir fácil acesso para veículos e transporte público. Um diferencial hoje em dia é a disponibilidade de vagas de estacionamento para clientes.

Para você que quer estar mais próximo de seus clientes é interessante escolher um bairro residencial com grande número de animais. Assim, você tem a possibilidade de ganhar muitos clientes simplesmente pela localização.

Além da localização é importante estar atento à edificação. Fique de olho se o local que é de seu interesse tem o tamanho adequado e não necessita de muitas reformas. Outro ponto importante é quanto à disponibilidade de fornecimento adequado de energia elétrica e água.

Vale destacar ainda que é necessário fazer uma consulta prévia à prefeitura do seu município para avaliar a possibilidade de abertura de um pet shop no local que você deseja.

4 – Escolha dos serviços a serem prestados:

A escolha dos serviços deve ser feita com base nos estudos que você fez. Talvez você tem um desejo muito grande de trabalhar com cuidados especiais para coelhos, mas será que existe um público para manter seu pet shop funcionando?

Por isso, avalie muito bem os serviços que estão dentro de suas possibilidades e que poderão ser lucrativos.

É bom ficar de olhos nas novidades que o mercado proporciona, não fique preso somente nos serviços convencionais. Tente sair do comodismo e oferecer novos produtos baseados na verdadeira necessidade de seus clientes.

Além disso, um bom pet shop pode aos poucos se tornar algo muito próximo de uma loja de conveniência, devido o número de opções de produtos. Esta é uma excelente forma de incrementar a renda do seu pet shop.

5 – Contratação da equipe adequada:

O sucesso do seu negócio dependerá muito da equipe que você montar. Este é um ponto crítico que muitas vezes passa despercebidos por novos empreendedores.

Uma boa equipe deve ser pensada para todas as áreas do negócio, desde o atendimento, o responsável pelo transporte dos animais, veterinários com bom conhecimento e que tratem bem os animais e pessoas com paciência e carinho para os cuidados diários como tosa e banho.

Um bom atendimento e um tratamento carinhoso com os animais conquistam qualquer cliente. Muitos clientes não escolhem um pet shop baseado somente no preço ou na boa localização, mas principalmente na qualidade do serviço e no bom trato com os animais.

Por isso, ao abrir seu pet shop tenha cuidado em contratar pessoas. Caso você contrate alguém com experiências anteriores na área não deixe de entrar em contato com os locais anteriores e pedir informações a respeito do carinho e bom trato com os animais.

6 – Definição do preço justo e cuidados com as finanças:

Como disse anteriormente, não só de amor aos animais se mantém um pet shop de sucesso. Para você que quer aprender como montar um pet shop, é de suma importância aprender a cuidar das finanças do seu negócio.

primeiro passo é o cuidado com o investimento inicial. Qualquer negócio precisa de um investimento para começar, como compra dos equipamentos, pagamento de taxas e impostos, compra de móveis, reforma do local e tantas outras despesas que surgem ao longo do tempo.

Além do investimento inicial é importante estar atento ao capital de giro que um pet shop necessita. O capital de giro é um dinheiro disponível para manter um negócio funcionando durante o mês. No início você precisará manter o seu negócio com um capital de giro próprio, até que você comece a ter receita e passe a manter o negócio somente com o dinheiro que tirar do pet shop.

Outro fato importante é o cuidado com o fluxo de caixa, é necessário manter o fluxo de caixa sempre atualizado, com todas as despesas e receitas anotadas diariamente.

Quanto ao preço dos serviços e produtos que você vai ofertar é necessário cobrar um preço justo. O preço justo é aquele que não é caro demais a ponto de espantar seus clientes e nem barato demais a ponto de te dar prejuízos.

7 – Atenção aos aspectos legais:

Para abrir seu pet shop é necessário uma atenção especial aos aspectos legais. Além dos documentos de abertura de uma empresa, como o alvará de localização, você precisa estar atento aos documentos específicos do negócio como legislações da vigilância sanitária.

Para ser dono de um pet shop não precisa ser médico veterinário, mas, vale destacar que hoje em dia é obrigatório todo pet shop possuir um médico veterinário responsável pelo negócio.

Outra dica importante é contar com o auxílio de um bom contador para não ter problemas de documentação e pagamento de impostos.

Finalizando

Agora que você já sabe como montar um pet shop é hora de colocar a mão na massa. Alguns pontos importantes não foram definidos com muito rigor pois podem variar muito conforme o padrão e tamanho do pet shop do seu interesse, como equipamentos necessários e valores para o investimento inicial. Tudo isto deve fazer parte de seu planejamento.

Além dos pontos acima é válido conversar com pessoas que já possuem experiência com pet shop, similar ao de seu interesse. Aproveite para tirar dúvidas práticas do dia a dia e conhecer detalhes do mercado que só um proprietário de pet shop poderá te dizer.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!