Como Montar Uma Loja Virtual e Começar a Vender

A Internet abre um grande leque de opções para novos negócios. É com certeza, um grande oceano onde empreendedores podem navegar. Nada melhor do que usar esta ferramenta para vender e lucrar. Mas como montar uma loja virtual?

A opção e criar uma loja virtual pode trazer inúmeras vantagens em relação à loja convencional. Em especial, a redução de custos e o alcance de novos clientes.

A Internet permite que você chegue a lugares que antes seriam impossíveis de serem alcançados. A loja virtual não tem fronteiras nem limites geográficos.

Apesar de tantas vantagens a loja virtual possui nuances que precisam ser avaliados. Como todo negócio, não deve começar do nada, mas ser planejada e estruturada para dar certo.

Outro mito que deve ser quebrado antes de prosseguirmos é o curto prazo. Algumas pessoas começam negócios pela Internet acreditando que em pouco tempo estarão milionários. Isto é mentira. É óbvio que você poderá ganhar muito dinheiro, mas não em curto prazo e sem muito esforço. Sem dedicação não tem como montar uma loja virtual.

A loja virtual exigirá de você uma dedicação muito grande, em especial, no início dos trabalhos. Além de aprendizado constante. Será rotina você resolver problemas novos e correr atrás de soluções para que seu site esteja melhor posicionado e mais qualificado para seus clientes.

É virtual, mas continua sendo uma loja

dicas de como montar uma loja virtualApesar de estar em um ambiente diferente, a loja virtual continua com obrigações similares à uma loja convencional. Os primeiros passos de como montar uma loja virtual são similares de qualquer outro negócio.

Para ficar mais claro você precisará de:

 

1 – Planejamento:

É importante que você faça um planejamento de seu negócio. Estruture um plano de negócios, um como fazer. Para sua loja virtual este planejamento deve estar sempre aberto a adequações. Você aprenderá todos os dias pontos a serem corrigidos.

Você sempre poderá adequar e melhorar seu negócio. Mas antes começar seu negócio planeje:

  • Produtos a oferecer;
  • Clientes potenciais;
  • Concorrentes no mercado;
  • Possíveis fornecedores;
  • Organização e logística de seu negócio;
  • Investimento inicial.

Não é só criar um site. Um bom planejamento reduz muito a possibilidade de dar errado.

2 – Gestão de seu negócio:

Você precisará gerenciar seu negócio. Cuidar das rotinas do dia a dia, verificar processos, corrigir erros, elaborar relatórios, gerar documentos contábeis, entre outras tarefas.

Em uma loja virtual você será o dono, o gerente, o vendedor, o responsável pelo marketing e o atendimento ao consumidor. Seu negócio precisa ser cuidado e gerenciado. É como uma árvore que precisa ser cultivada e regada para produzir frutos.

3 – Controle Financeiro:

Dinheiro é algo que quanto mais você cuida, mais ele cresce. Como todo negócio você deverá realizar um bom controle financeiro. O controle de contas pagas e contas a receber e o planejamento de novos investimentos, são rotinas que farão parte do seu dia a dia.

Além disso, você precisará de estratégia de vendas, marketing digital, plataformas e formas de pagamento que serão abordadas em seguida.

Detalhes de uma loja virtual

Vamos agora a alguns detalhes que nos ajudam a esclarecer como montar uma loja virtual.

1 – Plataforma:

Existem três tipos de plataformas para a criação de lojas virtuais. Para a escolha de sua plataforma você deverá avaliar qual atende à sua necessidade.

– Plataforma Open Source: são sistemas livres disponibilizados por programadores específicos. Você não precisa pagar nada para utilizar este tipo de sistema.

– Plataforma SAAS: são desenvolvidas por empresas específicas deste ramo. O serviço é cobrado como um aluguel, podendo ter planos mensais, semestrais ou anuais. Esta é a forma mais utilizada hoje em dia.

– Plataforma Exclusiva: é a plataforma desenvolvida exclusivamente para a sua loja. É necessária para grandes lojas que precisam de funcionalidades específicas. O custo deste tipo de plataforma é bem superior ao da plataforma SAAS.

É importante que você verifique alguns detalhes que vou citar a seguir, antes de contratar sua plataforma:

– Layout: o layout de sua plataforma deve ser agradável e intuitivo. Não pode gerar dúvidas ou processos demorados para a efetivação da compra. Deve transmitir segurança ao seu cliente e demonstrar profissionalismo.

– Checkout Facilitado: evite senhas em seu portal. Faça de tudo para que o cliente entre em sua loja e compre com facilidade e rapidez.

– Layout Responsivo: É importante que seu layout seja responsivo, capaz de se adaptar a qualquer tipo de equipamento. Hoje as pessoas compram por computadores, tablets e celulares. Tenha atenção a este detalhe.

2 – Formas de Pagamento:

Outro ponto a ser avaliado são as formas de pagamento. Você encontrará três formas de realizar as transações financeiras em sua loja virtual. São as seguintes opções:

  • Intermediadores de pagamento;
  • Gateways de pagamento;
  • Integração direta com as operadoras.

Para você que está começando, o mais simples é adotar os intermediadores de pagamento. São empresas como PagSeguro, BCash e PayPal. Já contam com um sistema de segurança e com diversas possibilidades de pagamento para seus clientes.

Apesar do sistema de intermediadores de pagamento ser de simples utilização as taxas são um pouco mais altas. Esta é a única desvantagem, mas é o preço da facilidade e praticidade.

3 – Entrega dos produtos:

Os Correios atendem quase que todas as lojas virtuais do Brasil. Dominam amplamente as entregas do comércio digital. É interessante que a plataforma escolhida tenha possibilidade de instalação do acompanhamento da entrega das mercadorias.

Antes de finalizar a opção pelos Correios vale analisar as limitações da prestação de serviços. Limitações como:

  • Tamanho do produto;
  • Peso do produto;
  • Tipo de mercadoria.

Acesse o site dos Correios e verifique quais são as restrições específicas. Caso os Correios não possa te atender, é necessário recorrer a uma transportadora.

4 – Marketing Digital:

É essencial para a sua loja virtual a criação de uma boa estratégia de marketing. Não adianta uma excelente plataforma, produtos maravilhosos e preços competitivos se você não consegue levar seu cliente até sua loja.

Para isso, utilize todas as opções de geração de tráfego que a Internet disponibiliza hoje em dia. Existem infinitas possibilidades, mas indico estas para você:

  • Marketing de Conteúdo com a criação de blog específico;
  • Redes Sociais (Facebook, Instagram, Google Plus, Youtube, Twitter);
  • Google Adwords;
  • Facebook Ads;
  • Instagram Ads;
  • Youtube Ads;
  • Comparadores de preços;
  • E-mail Marketing.

5 – Relacionamento com clientes:

Apesar de ser uma loja virtual é importante criar um relacionamento pessoal com cada cliente. É necessário que seu cliente se sinta em casa em sua loja. Por isso, crie uma boa estratégia de atendimento ao seu consumidor, tanto antes da venda como no pós-venda.

É importante ressaltar que o consumidor está cada vez mais esclarecido de seus direitos e que bom preço não faz toda a diferença. O cliente quer um atendimento muito bom, uma loja com que ele se identifique e possa criar um relacionamento sólido.

Crie opções para que seu cliente entre em contato com você, como telefones exclusivos, chats, e-mails ou mensagens pelo Facebook. Seja o mais acessível possível.

O segredo do sucesso do seu negócio não está apenas em como montar uma loja virtual, mas principalmente em como conquistar a confiança de seus clientes.

Escolha um nicho

Não queira começar o seu negócio querendo competir com o Ricardo Eletro ou as Lojas Americanas. É importante que você escolha um nicho de mercado. Escolha uma pequena fatia do mercado que você tenha capacidade de atender de uma forma exclusiva.

Tenha foco, é melhor vender muito em um único segmento para um público específico, do que querer vender um pouco de tudo para o mundo todo.

Como montar uma loja virtual – Conclusão

Como você pode ver uma loja virtual tem responsabilidade similares às lojas convencionais. Administrar e gerir o seu negócio é mais do que necessário. Para conseguir sucesso com seu negócio online não deverá faltar disposição em trabalhar duro e aprender todos os dias.

Um ponto a ressaltar é que toda loja deve se formalizar, a criação de um CNPJ, a emissão de notas fiscais e o pagamento dos impostos devidos são imprescindíveis.

Agora que você já sabe como montar uma loja virtual é colocar em prática e vender muito!

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Abraço.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!