Como montar uma sorveteria em 10 passos práticos

Ter uma sorveteria pode ser uma ótima fonte de renda, além de poder trabalhar com um produto delicioso. Neste artigo, você vai conferir 10 passos práticos de como montar uma sorveteria e ter sucesso em seu negócio. Por isso, se concentre e aproveite as dicas a seguir.

O sorvete é um dos tipos de doces mais consumidos no Brasil. O povo brasileiro é apaixonado por este produto, um dos fatores que mais incentivam o consumo do sorvete é o nosso clima tropical, com dias quentes em quase o ano todo.

Além do clima, outro aspecto que influencia muito o consumo do sorvete é a nossa cultura. É um hábito entre muitas pessoas, sair para tomar um sorvete com a família ou os amigos. O que colabora em muito o sucesso de uma sorveteria.

Hoje em dia existem inúmeros tipos de sorveteria, desde pequenas sorveterias em bairros até grandes sorveterias em centros urbanos ou shoppings.

Outra diferença que pode ser percebida nas sorveterias é o tipo de produto a ser vendido, algumas oferecem o sorvete convencional, outras trabalham com um sorvete mais sofisticado, enquanto outras sorveterias trabalham com sorvetes de frutas típicas. Vamos então aos passos de como montar uma sorveteria.

10 passos práticos de como montar uma sorveteria

1 – Escolha um local para sua sorveteria:

passo a passo de como montar uma sorveteriaO primeiro passo de como abrir uma sorveteria é definir o local ideal para seu negócio.

É importante que o local que você escolha esteja em um lugar movimentado, com grande fluxo de pessoas. Você pode escolher centros comerciais, galerias, shoppings centers, porta de universidades e escolas e inúmeras outras opções. O interessante é estar o mais próximo possível de seus clientes.

Outro detalhe importante que deve ser observado é a infraestrutura do local que você vai escolher. O local precisa ter um espaço mínimo para receber todos equipamentos e mobília, além de proporcionar conforto aos seus futuros clientes. Veja se o ambiente é arejado e se tem boa iluminação, isso será essencial.

Além disso, vale avaliar as condições técnicas do local, como disponibilidade de pontos de água e rede elétrica compatível com os equipamentos que você precisa adquirir.

Alugar um espaço em bom estado de conservação também será essencial para evitar gastar muito dinheiro com reformas.

2 – Formalize o seu negócio:

Antes de abrir as portas de sua sorveteria será necessário formalizar o seu negócio. É importante começar esta etapa desde o princípio, pois conforme as burocracias de seu município este processo pode demorar um pouco.

A melhor opção é contar com o auxílio de um bom profissional de contabilidade. Ele irá te auxiliar a resolver todas as burocracias, além de indicar para você a melhor formatação jurídica para sua empresa e a forma de tributação adequada.

São inúmeros cadastros, documentos e taxas para começar um negócio, além de aprovações em diversos órgãos de regulamentação. Cuidar de tudo isso, enquanto você ainda tem que se preocupar com a montagem da sorveteria é quase impossível.

Além disso, será necessário contar com um contador durante o funcionamento do negócio, devido a necessidade de pagamento de impostos e prestação de contas junto aos órgãos governamentais.

3 – Escolha o fornecedor do sorvete:

O terceiro passo de como montar uma sorveteria é definir o seu produto principal, que é o sorvete.

É possível trabalhar de duas formas em uma sorveteria, a primeira delas é vender sorvetes de uma marca específica e a outra é vender seu próprio sorvete, produzido na sua sorveteria.

As duas opções são excelentes e cada uma delas possui vantagens e desvantagens. O importante é avaliar o que será melhor para sua sorveteria.

Caso você decida produzir seu próprio sorvete, você deverá contar com uma equipe maior e um espaço maior, além de equipamentos específicos para a produção do sorvete. A grande vantagem é que você terá um produto exclusivo e uma margem de lucro poderá ser um pouco maior.

A terceirização da produção do sorvete torna a sua sorveteria mais simples de ser gerenciada. Você vai precisar de uma equipe menor e equipamentos mais simples. A margem de lucro pode ser um pouco menor, mas a facilidade de trabalho é muito maior.

Definir este ponto é essencial para prosseguir o processo de abertura de sua sorveteria.

4 – Crie uma marca para sua sorveteria:

Um ponto importante é a criação de uma marca para sua sorveteria. Não só de uma marca, mas de uma identidade visual para seu negócio.

Uma marca é um símbolo carregado de significados, e à medida que a marca se torna conhecida pelos clientes, ela tem a capacidade de gerar associações, como a lembrança de bons momentos e sensações já vividas, que podem ser boas ou ruins.

Para definir uma marca adequada é importante escolher:

  • Nome da sua sorveteria;
  • Um símbolo quando necessário;
  • Tipo de letra (tipografia);
  • Cores do símbolo e das letras.

Para criação de sua marca você deve levar em consideração seu público alvo e o que você deseja transmitir às pessoas. As cores de uma sorveteria podem variar muito conforme o tipo de produto ofertado e o público-alvo.

Uma sorveteria destinada a crianças e o público geral, na maioria das vezes, possui cores fortes e alegres. Enquanto que uma sorveteria gourmet, costuma criar um ambiente mais sofisticados, com cores mais neutras.

A identidade visual de sua sorveteria tem o poder de transmitir ideias para seus clientes. Vale dedicar um bom tempo e contar com a ajuda de profissionais.

5 – Defina o seu investimento inicial:

O quinto passo de como montar uma sorveteria é definir o investimento inicial, ou seja, o quanto você pode investir para começar o seu negócio.

O investimento inicial é uma quantia financeira destinada para todas as despesas de abertura de sua empresa, como obras de reforma, pagamento de impostos e taxas, compra de equipamentos e mobiliário, compra dos primeiros produtos e demais despesas que surgirão.

É importante que você tenha um limite bem definido do que você pode gastar para abrir sua sorveteria.

Vale ressaltar que é possível abrir uma sorveteria com 15 mil reais, mas também é possível gastar 150 mil reais na abertura de uma sorveteria. Este valor vai depender do que você planeja para seu negócio.

É importante estar atento a todos os detalhes do seu negócio, para que você não estore o orçamento inicial. Começar uma sorveteria já com dívidas é um desafio ainda maior.

6 – Reforma do local:

O local escolhido deverá ser reformado, dificilmente você encontrará um local pronto para receber sua sorveteria. Sempre são necessárias algumas adequações, no mínimo adequações visuais.

Para uma boa reforma, é interessante contar com auxílio de profissionais capacitados. Vale a pena fazer um bom projeto de arquitetura para reforma do espaço.

Em alguns casos é necessário adequar os pontos de energia elétrica e os pontos de água, além de demolir e construir paredes e divisórias. Para ter sucesso com sua reforma é necessário estar com sua sorveteria já planejada, com a definição de onde serão instalados os equipamentos e a mobília.

Nesta reforma, você já deve considerar a identidade visual planejada anteriormente. Ela definirá a cor da pintura e detalhes importantes.

É necessário que o ambiente fique bem iluminado e arejado. O conforto para seus clientes é essencial para o sucesso de seu negócio.

7 – Compra dos equipamentos e mobiliário:

O sétimo passo de como montar uma sorveteria é a compra dos equipamentos e mobiliário necessários para sua sorveteria.

São diversos equipamentos importantes, para ter tranquilidade e sucesso na compra destes equipamentos é necessário conhecer as marcas disponíveis no mercado e fazer diversos orçamentos. Lembre-se sempre de buscar o melhor custo benefício para seu negócio, o menor preço não deve ser sempre preponderante.

Sua sorveteria deverá contar com os equipamentos e mobiliários a seguir:

  • Freezer para sorvetes;
  • Balcões e mesas para coberturas frias e quentes;
  • Balcões e mesas para produtos adicionais ao sorvete (castanhas, confetes, entre outras opções);
  • Mesas e cadeiras para clientes;
  • Balcão de atendimento;
  • Balança para pesar o sorvete, quando necessário;
  • Caixa para pagamento;
  • Freezer para estoque de sorvete;
  • Freezer de bebidas e outros produtos.

É claro que para cada tipo de sorveteria serão necessários equipamentos diferentes. Os equipamentos citados acima não contemplam os necessários para a produção do sorvete.

8 – Diversificação dos produtos:

É certo que uma sorveteria não vive somente da venda de sorvetes, este é apenas o produto principal.

Você pode aproveitar sua sorveteria para vender uma infinidade de outros produtos, como água, refrigerantes, sucos, doces, guloseimas, chocolate, milk-shake, e tantas outras opções.

Você deve tomar um cuidado importante aqui, que é não perder o foco, mesmo com a diversificação de seus produtos. Lembre-se que você está montando uma sorveteria e não uma lanchonete.

Seus clientes querem entrar em uma sorveteria e sentir que estão em uma sorveteria. Por isso, tome cuidado com a poluição visual com a inclusão de muitos itens.

É importante diversificar para ter outras fontes de renda, além do seu produto principal. Mas, você deve fazer isso com sabedoria e bom senso.

9 – Contratar uma boa equipe:

O nono passo de como montar uma sorveteria é a contratação de uma boa equipe para trabalhar do seu lado.

Não adianta os melhores equipamentos, a melhor mobília e o melhor sorvete se seus funcionários não são adequados para lidar com este tipo de negócio.

Por isso, escolha muito bem que você deseja contratar e faça um treinamento com eles. Ensine a utilizar todos os equipamentos da sorveteria e principalmente foque em um atendimento de qualidade.

O bom atendimento é um dos responsáveis pela conquista de seus clientes. Mesmo que sua sorveteria ainda não esteja perfeita, se seus clientes forem bem atendidos eles voltarão.

Da mesma forma que um atendimento ruim pode espantar seus clientes, mesmo que você tenha uma sorveteria perfeita, como melhor sorvete da cidade e os melhores equipamentos.

Uma sorveteria de sucesso vai depender muitos das pessoas que irão trabalhar nela. Por isso, valorize os seus profissionais e dê condições para que eles atendam seus clientes com qualidade.

10 – Divulgação e inauguração da sorveteria:

O último passo de como montar uma sorveteria é a inauguração.

Nada melhor do que abrir o seu negócio depois de tanto trabalho. Mas, para que sua inauguração seja um sucesso é necessária uma boa divulgação. As pessoas precisam saber que ali existe uma sorveteria, e a divulgação serve para isso.

Por isso, para que sua sorveteria seja um sucesso é importante que você tenha uma estratégia de marketing para ser utilizada, antes mesmo de abrir sua sorveteria.

Para divulgar sua sorveteria você pode utilizar inúmeras ferramentas, como panfletagem, faixas, cartões de visita, e principalmente a internet. A internet é uma ótima ferramenta para divulgação, em especial as redes sociais.

Finalizando

Tenho certeza que este passo a passo de como montar uma sorveteria poderá te auxiliar a ter sucesso com seu próprio negócio. É certo que os desafios não param no dia da abertura, vão surgir outros e é necessário estar pronto e disposto a enfrenta-los.

Para cuidar do seu negócio é importante aprender boas práticas de gestão, estratégias de vendas, marketing, gestão de pessoas e finanças. São conhecimentos imprescindíveis para você ter sucesso. Conte com o auxílio do Blog Cultivando Sucesso para cuidar do seu negócio.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!