Como utilizar o empréstimo coletivo em favor do seu negócio

Em muitos casos, é necessário recorrer a recursos financeiros externos para alavancar ou criar um novo negócio. Para solucionar esta questão o empréstimo coletivo é uma ótima opção e tem se tornado cada vez mais popular entre os empreendedores brasileiros.

Este modelo possui inúmeras vantagens quando comparada aos empréstimos convencionais, pois pode facilitar a vida do empreendedor e ainda garantir melhores condições financeiras.

Vale à pena ler este artigo até o final e aprender todos os detalhes desta modalidade de empréstimo. Quem sabe esta não é a solução para você viabilizar seu negócio e começar a empreender?

O que é empréstimo coletivo?

dicas sobre empréstimo coletivoDiferentemente dos empréstimos convencionais o empréstimo coletivo não é bancado pelas grandes instituições financeiras e sim por pessoas comuns que querem investir parte de seu dinheiro.

É como se várias pessoas disponibilizassem parte de seu dinheiro à uma empresa para que ela pague suas despesas, faça novos investimentos, compre maquinários ou aumente o seu capital de giro.

Para que esta modalidade de empréstimo funcione é necessário que exista um intermediário. Este intermediário é responsável por encontrar pessoas dispostas a emprestar seu dinheiro e selecionar empresas em condições de se responsabilizarem pelas condições do empréstimo.

Ou seja, o intermediário funciona como uma instituição financeira. Entretanto, com um relacionamento entre as partes mais simples e direto.

O empréstimo coletivo tem um funcionamento muito simples. As empresas que desejam realizar o empréstimo se cadastram nas instituições que fazem a intermediação do empréstimo. Elas precisam informar em detalhes a quantia desejada e também demonstrar que tem condições de pagar as parcelas futuras.

Para as pessoas físicas que querem investir é mais simples ainda. O investidor também fará um cadastro na empresa intermediária e irá disponibilizar seu dinheiro. O investidor é remunerado com juros, conforme o acordado com a instituição que intermedeiam.

O empréstimo coletivo é bem parecido com o crowdfunding. Entretanto, no crowdfunding a pessoa se identifica com o projeto e investe uma certa quantia em troca de um produto ou benefício concedido pela empresa que fez o crowdfunding.

Quais as vantagens do empréstimo coletivo?

O empréstimo coletivo pode ter inúmeras vantagens para o empreendedor, em especial para o pequeno empresário que tem dificuldades em conseguir um empréstimo convencional em grandes instituições financeiras.

Uma das grandes vantagens é a redução da burocracia. Este é um dos motivos do surgimento do empréstimo coletivo, facilitar a vida das empresas que precisam de um empréstimo. Existe uma certa burocracia sim, mas não é comparada à burocracia de um banco convencional.

Além da redução da burocracia é possível encontrar condições financeiras mais interessantes, como taxas de juros menores ou então prazos mais dilatados. Estas condições financeiras podem variar conforme a segurança do negócio e a quantia viabilizada.

Outra vantagem é a rapidez com que o processo de desenvolve. O dinheiro chega na conta da empresa de uma forma muito mais ágil que em um empréstimo empresarial convencional. Afinal, hoje em dia, tempo é dinheiro e ninguém pode ficar esperando a boa vontade de uma instituição.

Além destes benefícios imediatos o empréstimo coletivo possui uma grande vantagem para a economia como um todo. Ele fortalece as ações individuais e faz com que as empresas possam se apoiar em pessoas interessadas em seus negócios e não apenas em grandes instituições financeiras.

Ou seja, o sistema de empréstimo coletivo tem a capacidade de fortalecer os pequenos empresários e os pequenos investidores que querem participar de maneira mais ativa.

Como conseguir um empréstimo coletivo?

O primeiro passo para conseguir um bom empréstimo coletivo é necessário se cadastrar em uma empresa que intermedia o processo. Já existem algumas empresas no Brasil que fazem este trabalho e você não terá dificuldades em encontrar uma boa opção para você.

Depois de se cadastrar em uma empresa que intermedeia a operação você deverá solicitar o empréstimo. Para isso é necessário apresentar um projeto de como o dinheiro será utilizado e demonstrar que você terá condições de cumprir com as futuras obrigações.

Vale ressaltar que, como em todo empréstimo, é importante avaliar bem as condições propostas e verificar se o empréstimo será viável para seu negócio. Não é porque existem inúmeras vantagens que todas as oportunidades do empréstimo coletivo são boas.

Quando o assunto é dinheiro sempre é importante ficar atento a todos os detalhes.

Finalizando

Estou certo de que o empréstimo coletivo é uma ótima opção para as pequenas empresas ou pequenos empresários que querem começar um negócio. Como você pode ver no artigo, existem inúmeras vantagens em relação ao empréstimo convencional.

Agora é hora de colocar a mão na massa e avaliar se é realmente necessário realizar um empréstimo para seu negócio. Tome cuidado com o endividamento desnecessário, ele pode levar sua empresa à falência.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!