A importância da reserva financeira de emergência para seu negócio

Administrar bem a parte financeira de sua empresa é fundamental para alcançar o sucesso. Ter uma boa reserva financeira de emergência é muito importante para se prevenir de imprevistos financeiros e qualquer tipo de crise econômica que possa acontecer.

Vale destacar que empresas mal administradas sempre passam por momentos muito difíceis quando o assunto é dinheiro. Por mais dinheiro que entre no caixa ele é mal administrado, o que compromete todo negócio.

É necessário que o empreendedor tenha uma visão ampla de como funciona toda parte financeira do negócio, afim de administrar adequadamente a empresa, consciente das contas a pagar e da disponibilidade financeira do negócio.

Por isso, escrevemos este artigo para falar de um assunto pouco abordado, que é a reserva financeira de emergência para pequenas empresas.

O que é uma reserva financeira de emergência?

dicas sobre a reserva financeira de emergênciaUma reserva financeira é uma quantia de dinheiro que a empresa separa para eventualidades que possam acontecer.

Esta reserva precisa ter tamanho suficiente para que a empresa não fique desguarnecida. Sendo indicado cerca de três a seis vezes o valor do capital de giro do negócio.

Esta quantia financeira é destinada para custos que não estavam previstos no orçamento da empresa. Como por exemplo, acidentes, manutenção ou troca de maquinário em momentos inesperados, corte de grandes contratos, graves crises financeiras e tantas outras coisas que podem acontecer.

Outra característica de uma boa reserva de emergência é a liquidez dos valores. Ou seja, todo dinheiro especificado para reserva financeira deve possuir uma boa liquidez para que seja utilizado imediatamente, como por exemplo, a poupança. Isso é fundamental, imagine que surja um imprevisto e você precise do dinheiro imediatamente e ele esteja aplicado em um investimento que você pode perder parte do dinheiro caso antecipe a retirada.

É importante dizer que a reserva financeira de emergência não é um seguro e muito menos um investimento. O objetivo então não é correr atrás de grandes rendimentos para o dinheiro reservado, e sim manter boa liquidez.

Como montar uma reserva financeira de emergência para sua empresa?

Para montar uma boa reserva financeira de emergência e não comprometer sua retirada de lucros ou o bom funcionamento do seu negócio é necessário ter um bom planejamento.

Você poderá montar sua reserva financeira retirando pequenas quantias durante meses. O importante é você se planejar.

O primeiro passo é definir a quantia de dinheiro que você considera ideal manter como reserva financeira. Isso dependerá de cada tipo de negócio, como por exemplo os riscos que o negócio está exposto.

Em seguida, você precisa definir a quantidade de dinheiro que você pode retirar mensalmente para compor sua reserva. Esta quantidade não pode comprometer seu negócio, mas vale um pequeno sacrifício nas retiradas de lucro para compor a reserva de maneira mais rápida.

Além disso, defina onde você fará sua reserva financeira. Caso você faça uma reserva na poupança tudo ficará ainda mais fácil.

Quais as vantagens de ter uma reserva financeira?

A empresa que possui uma reserva financeira bem dimensionada fica livre de grandes problemas que podem afetar uma pequena empresa.

A maior vantagem é não precisar recorrer a empréstimos para manter seu negócio, caso ocorra um grande imprevisto. Imprevistos como os citados no item acima.

Ou seja, você se previne de endividamentos que podem comprometer seu negócio. Além de não precisar passar por toda burocracia de um empréstimo.

Você também não compromete o pagamento em dia dos vencimentos de sua empresa e também do salário de seus funcionários. O que fará com que sua equipe não passe por problemas financeiros pessoais e também que sua empresa não fique negativada.

Outra vantagem é que você também possuirá uma reserva para oportunidades. Pois imprevistos também podem ser bons para seu negócio. Com um bom dinheiro com liquidez você poderá agir rápido no mercado e utilizar este dinheiro também para ser agressivo e não apenas para se proteger. Vale deixar claro que esse não é o principal objetivo da reserva financeira.

Finalizando

Por fim, ainda é importante dizer que a reserva financeira não deve ser maior do que o necessário, pois assim você estará comprometendo um bom dinheiro que poderia ser utilizado em outras áreas do seu negócio.

Compartilhe este artigo com seus amigos que também querem aprender mais sobre como montar reserva financeira de emergência e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!