O que é taxa de franquia? Existem outras taxas?

O empreendedor que deseja adquirir uma franquia se depara com inúmeros custos iniciais. Neste artigo você vai aprender de vez o que é taxa de franquia, um custo que assusta muitos empreendedores no meio de tantas outras despesas exigidas para abrir um negócio.

Vale lembrar que o sistema de franquias é uma ótima opção para quem não tem um modelo de negócio pronto e verificado. Ou seja, você vai empreender com um negócio já verificado por outras pessoas, um negócio que está em operação em outros inúmeros lugares, que funciona e é lucrativo.

Mas, toda essa segurança e know-how tem um preço. O franqueado paga tudo isso por meio de taxas e comissões. Afinal de contas, hoje em dia não existe almoço de graça.

O que é taxa de franquia de uma vez por todas

dicas sobre o que é taxa de franquiaDe uma maneira bem simples a taxa de franquia é um valor pago à empresa franqueada para adquirir o direito de utilizar todo o know-how da empresa, como suas ferramentas, modo de operação, estratégias de marketing e inclusive a marca da empresa.

Ou seja, a taxa da franquia é um valor cobrado dos franqueados para utilização de todos os benefícios do negócio. Pode ser comparada a uma cota de um clube, onde você paga para utilizar as instalações e ter os benefícios de um associado.

A taxa de franquia não é uma cobrança obrigatória. Algumas empresas não cobram esta taxa com intuito de tornarem-se ainda mais atrativas para os empreendedores que querem comprar uma franquia.

É importante entender que a cobrança de uma taxa é normal e que a grande maioria das franquias de sucesso cobram a taxa de franquia.

Entretanto, é importante estar atento para que você não pague um valor exagerado. Ou seja, você pode pagar caro demais e não ter um retorno esperado em benefícios da empresa franqueadora.

Por isso, fique de olho, agora que você já sabe o que é taxa de franquia você terá condições de avaliar se os valores exigidos são condizentes.

Perceba que os valores cobrados não são aleatórios, eles estão relacionados com a força da marca, os benefícios oferecidos ao franqueado, os serviços e treinamentos ofertados, o sucesso do modelo de negócio e tantas outras questões.

Por ser uma análise mais qualitativa, muitos empreendedores iniciantes não têm condições de definir se o preço cobrado pela taxa de franquia é alto demais ou não. O importante neste caso é comparar com as taxas das empresas concorrentes e verificar se o valor cobrado não está muito acima da média do mercado.

Outras taxas que você terá com sua franquia

Além da taxa de franquia você terá inúmeras outras despesas que podem variar conforme a franquia que você escolher.

As outras principais taxas são:

  • Taxa de Royalties;
  • Taxa de Publicidade.

Veja em detalhes o que é cada uma destas taxas.

1 – Taxa de Royalties de uma franquia:

Esta taxa é uma das mais significativas para quem deseja investir no ramo de franquias. Ao avaliar a viabilidade de sua franquia você não pode deixar esta taxa passar em branco.

Esta taxa é um pagamento periódico, na maioria dos casos mensal, que você como franqueado pagará à empresa dona da franquia por utilizar a marca, os benefícios fornecidos pela franquia, o modelo de negócio e treinamentos.

Ou seja, funciona como uma continuidade da taxa da franquia. Considerando aquele mesmo exemplo anterior, quando comparamos a taxa de franquia com a cota de um clube, podemos comparar a Taxa de Royalties como uma mensalidade.

Vale destacar que este exemplo é muito simples e não é rigorosamente a mesma coisa, é apenas um exemplo para facilitar o seu aprendizado.

A forma como esta taxa é cobrada varia de acordo com cada franquia, mas é comum que ela seja cobrada das seguintes formas:

  • Percentual sobre o faturamento bruto;
  • Percentual sobre o lucro líquido;
  • Valor fixo estabelecido em contrato;
  • Percentual com valor mínimo estabelecido em contrato;
  • Percentual sobre o valor de compras de insumos.

A forma de cobrança deve estar bem definida no seu contrato com a franquia. Por ser uma despesa fixa e com valor considerável ela deve ser muito bem avaliada.

2 – Taxa de publicidade de uma franquia:

Além das taxas já mencionadas até aqui também é importante ficar de olho na taxa de publicidade que também pode ser cobrada pela empresa dona da franquia.

Esta taxa tem como objetivo viabilizar ações de marketing compartilhadas para toda a rede. Vale destacar que este valor pago é destinado integralmente às ações de marketing.

Funciona como um grande fundo onde todos os franqueados colaboram com um determinado valor para garantir que a marca continue com estratégias de marketing que sejam benéficas para toda a rede de franqueados.

Assim como a taxa de royalties, cada franquia define como este valor será apurado e cobrado. Por isso, é importante ficar atento aos custos que você terá com a taxa de publicidade.

Finalizando – O que é taxa de franquia

Agora que você já sabe o que é taxa de franquia estou certo de que terá melhores condições de avaliar as inúmeras oportunidades que você encontra no mercado atual.

As franquias crescem a cada dia, mas é importante estar atento à todos os custos, senão você investirá em um negócio com uma expectativa que não se realizará na prática.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!