Planejamento estratégico pessoal: construa o seu próprio futuro

Todos nós sonhamos em conseguir alcançar nossos objetivos, realizar nossos projetos e ser felizes. Isso é um direito de cada ser humano, e para dar sentido à nossa vida, é importante que nos esforcemos para conseguir concretizar esses nossos sonhos.

No entanto, a vida é repleta de desafios e obstáculos que muitas vezes nos levam a desistir de tentar alcançar aquilo que desejamos, então mergulhamos em frustrações e nos refugiamos na zona de conforto, o que acaba por nos distanciar ainda mais dos nossos objetivos e sonhos.

Quando desistimos de tentar alcançar os nossos objetivos, criamos uma armadilha que nos aprisiona, que afeta a nossa motivação e nos leva a construir estratégias de auto sabotagem.

O resultado é que nossa autoestima cai vertiginosamente, e fica muito difícil manter um bom nível de autoconfiança.

Isso se torna um círculo vicioso, e vamos colecionando cada vez mais decepções, e quando finalmente percebemos a armadilha, já nem sabemos mais o que desejamos para nós mesmos, apenas vivemos por viver, sem planos e com pouca energia para enfrentar os desafios que a vida diariamente coloca no nosso caminho.

É preciso tomar uma decisão para dar início a um novo futuro

Se você sente que está se distanciando dos seus objetivos e sonhos, a primeira coisa a fazer é tomar a decisão de mudar a maneira como tem levado a sua vida. Essa é uma decisão difícil, porém absolutamente necessária.

Planejamento estratégico pessoal para melhorar o futuroEm seguida, você precisa fazer uma análise da sua vida atual. Isso é importante para que consiga identificar a situação atual das diversas esferas da sua vida, e identificar também como anda o seu grau de satisfação em cada uma dessas esferas.

Essa análise situacional permitirá também você identificar os elementos internos e externos que têm influenciado a sua permanência na zona de conforto.

Feito isso, você precisa iniciar o planejamento estratégico pessoal. Isso não é muito difícil, contudo, também não é uma tarefa muito fácil, pois é importante que exista uma percepção muito clara dos próprios objetivos, das próprias forças e limitações, das ameaças e oportunidades que podem influenciar a construção do seu futuro.

Nessa etapa, é importante que você procure por instrumentos que te auxiliem nesse processo. Existem vários instrumentos que podem te ajudar, por exemplo, um processo de coaching pode ser de grande ajuda. Terapia também, bem como livros e conversas com pessoas mais experientes que alcançaram resultados similares aos que você deseja alcançar.

Mas para ajudar você a começar o mais rápido possível o seu planejamento estratégico pessoal, apresentamos algumas dicas interessantes que podem ser bastante úteis. Confira!

3 Dicas para ajudar você a iniciar o seu planejamento estratégico pessoal

Não deixe para depois, inicie agora o seu planejamento estratégico pessoal. É importante começar o quanto antes, visto que é preciso aproveitar a disposição que você provavelmente está experimentando agora.

Se você deixar para depois, pode acontecer de começar a criar justificativas que sabotarão as suas próprias atitudes positivas, e isso poderá prejudicar seriamente a construção do futuro que você deseja.

Abaixo apresentamos 3 dicas que você pode utilizar para iniciar com rapidez o seu planejamento estratégico pessoal.

Mas atenção! Essas dicas servirão apenas para você iniciar o seu planejamento, portanto, não deixe de procurar outros instrumentos de apoio capazes de potencializar o seu planejamento estratégico pessoal.

1 – Aceite as suas próprias limitações

Todos nós somos limitados, contudo, isso de forma alguma quer dizer que não podemos potencializar nossas capacidades. Mas para potencializar nossas capacidades, precisamos identificar, compreender e aceitar as nossas limitações, só assim conseguiremos agir para trabalhar essas limitações e resolvê-las.

Não é vergonha nenhuma reconhecer as próprias limitações, na verdade, é uma atitude positiva que potencializa a autoestima e fortalece a autoconfiança, pois nos dá a certeza de que temos limitações, mas que isso não é um problema, visto que sempre podemos fazer alguma coisa para nos tornarmos mais fortes e eficazes.

2 – Vença o triste hábito de reclamar

As reclamações constantes são extremamente perniciosas, pois elas nos levam a manter o perigoso hábito de construir estratégias de auto sabotagem, e nos levam também a permanecer na zona de conforto.

Se você deseja ser o autor da sua própria história, se deseja construir um futuro melhor e mais feliz, então comece a perceber como lida com as situações no seu dia-a-dia, se reclama muito ou se faz alguma coisa para solucionar os problemas de maneira eficaz.

Se você perceber que é um grande reclamador, então está na hora de mudar esse seu hábito.

3 – Aprenda com os seus erros

Quando erramos, é comum nos sentirmos muito mal, e isso afeta a nossa autoestima. Contudo, podemos utilizar os nossos erros de maneira mais positiva, ou seja, podemos aprender com eles e utilizar o conhecimento adquirido para agir com mais inteligência e eficácia perante novos desafios.

Você pode escolher ficar se martirizando por causa dos seus erros, ou aprender com eles e seguir o seu caminho com mais segurança e consciência.

Sempre é tempo de vencer

Se você está passando por alguma dificuldade, ou se sente desanimado e sem forças para superar os obstáculos da vida, não deixe isso dominar você.

Comece a agir, procure ajuda, invista em instrumentos capazes de ajudá-lo a construir o seu planejamento estratégico pessoal com segurança e eficácia.

Sempre é tempo de vencer, não existe hora ruim para começar. Agora é um momento perfeito para você dar os primeiros passos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!