Plano de Marketing: Um passo a passo para fazer o seu

A divulgação de seus produtos será essencial para o sucesso de seu negócio. Hoje, existem diversas ferramentas disponíveis para serem utilizadas na estratégia de Marketing de sua empresa. No entanto, é necessária uma utilização lógica e planejada. Para isto surge, o Plano de Marketing.

Pode parecer novidade para você, mas este plano é uma ferramenta gerencial que tem como objetivo o planejamento das ações de marketing em função de metas estabelecidas. Estas metas podem ser o aumento das vendas ou o aumento dos clientes, entre outras.

Com este artigo quero te ajudar a traçar de forma simples e fácil o seu primeiro Plano de Marketing.

As etapas do Plano de Marketing

Podemos dividir o plano de marketing em três etapas distintas:

1 – Planejamento:

A etapa do planejamento é propicia para realizar todos os estudos, coleta de dados e investigações necessários para seu negócio. Além disso, você traça aqui as estratégias a serem utilizadas e um cronograma de ação. É o momento de colocar no papel o que será realizado para alcançar as metas propostas.

2 – Implementação:

Na segunda etapa é o momento de colocar em prática o que foi determinado no cronograma de ação. É o momento de mobilizar os esforços para que o plano traçado possa ser seguido. No momento da implementação é importante deixar claro prazos, ações, responsáveis e como colocar tudo em prática.

3 – Avaliação e controle:

A etapa de avaliação e controle é a forma como você vai verificar a eficácia do planejamento realizado. Como sabemos, nem tudo que está no papel acontece na realidade. Então nesta fase você verifica os níveis de desempenho da equipe, a satisfação de seus clientes e os indicadores de vendas. É importante criar critérios para avaliação e controle do seu planejamento.

A seguir vamos dar um maior enfoque no desenvolvimento do seu Planejamento de Marketing.

Planejamento de Marketing

passo a passo de um plano de marketingVou descrever a seguir, cada faze do planejamento para que fique claro o que você deve fazer plano de marketing. É certo que o tipo de negócio e o tamanho de sua empresa irão influenciar significativamente na maneira como você irá realizar este planejamento.

Empresas maiores necessitarão de certo rigor para fazer um planejamento que dê certo. Em pequenos negócios você poderá até simplificar alguns pontos, visto que boa parte das estratégias dependerão unicamente de você.

1 – Avaliação da situação atual:

Neste momento você deverá descrever todas as principais características de seu negócio. Como ramo de atuação, descrição dos serviços e/ou produtos ofertados, horário de funcionamento, situação fiscal e financeira e número de clientes.

É interessante você colocar também o seu ponto de vista da expectativa. Como o seu negócio está e como você esperava que ele estivesse. Cite nesta avaliação os motivos que você identifica que impedirão de estar em uma melhor situação.

2 – Definição das metas e objetivos a serem alcançados:

O próximo passo é definir as metas a serem alcançadas. Defina metas concretas, que possam ser aferidas. Além de concretas estas metas precisam ser realistas, não crie metas impossíveis de serem alcançadas.

Metas impossíveis só servirão para te desmotivar. Vale também ressaltar que metas impossíveis são diferentes de metas audaciosas.

Objetivos são situações generalistas. Os objetivos também devem ser pontuados. Para você perceber a diferença entre objetivo e metas veja um exemplo a seguir:

  • Objetivo: Ser a maior construtora do Brasil.
  • Meta: Construir mil apartamentos por ano.

3 – Avaliação do ambiente:

A avaliação do ambiente pode ser dividida em duas partes distintas. A avaliação do ambiente externo e a avaliação do ambiente interno.

A avalição do ambiente externo é referente a tudo aquilo que acontece no mundo que interferirá no seu negócio. Podemos citar como exemplos as seguintes situações:

  • Fatores Econômicos: aumento da taxa de juros, inflação, subsídios do governo, crise produtiva de determinado insumo, entre tantas situações;
  • Fatores Sociais: são fatores relacionados às características de seus clientes. Idade, classe social, escolaridade, sexo, estado civil e comportamento de consumo.
  • Fatores Jurídicos: são os fatores referentes às leis que sancionam o seu ramo de atividade, impostos e burocracias governamentais.
  • Fator Tecnológico: é referente ao desenvolvimento tecnológico do ramo que você atual. É importante estar sempre atento às inovações que surgem em sua área;
  • Concorrência: estar sempre por dentro da atuação da sua concorrência é importantíssimo.

A avaliação do ambiente interno será realizada observando os seguintes aspectos:

  • Recursos Humanos: disponibilidade de pessoal e capacitação dos funcionários;
  • Equipamentos: estado de conservação e atualização tecnológica dos equipamentos e softwares utilizados na empresa;
  • Recursos Financeiros: disponibilidade de recursos financeiros a serem destinados para as ações de marketing;
  • Cultura Organizacional: avaliação da cultura existente na empresa em comparação com a cultura desejada ou ideal para seu negócio.

É importante que na avaliação sejam destacados não só os pontos negativos, mas também os pontos positivos de seu negócio.

4 – Definição do público-alvo:

Toda plano de marketing é direcionado a um público específico. Esta é uma regra básica. Agora é hora de definir seu público-alvo. Hoje em dia são utilizados termos como persona e avatar, para definir um sujeito específico que represente as características de seu público-alvo. Assim você poderá desenvolver uma conversa direta com este público.

Para a definição do público-alvo você deverá observar pelo menos:

  • Geográficos: local, em especial o tamanho: país, estado, cidades, bairros;
  • Demográficos: sexo, idade, escolaridade, renda e profissão;
  • Psicográficos: estilo de vida;
  • Comportamentais: hábitos de consumo.

5 – Posicionamento de Mercado:

Neste ponto você deve definir a forma como você pretende que o cliente te identifique no mercado. É a imagem que você quer transmitir para seus clientes e toda a sociedade.

Esta imagem deve ser clara e objetiva. Você percebe esta imagem claramente em grandes marcas e empresas. Algumas marcas decidem transmitir a imagem de maior segurança, sofisticação, qualidade, conforto, atendimento, entre tantas opções.

Outro ponto importante é a definição de um padrão de diálogo com seus clientes. Você pode optar por um diálogo mais formal ou informal, tudo dependerá do seu ramo de atividade e da imagem que você deseja transmitir aos seus clientes.

6 – Definição da Marca:

A marca é a identidade do seu negócio. Pela marca você pode traduzir muito bem como você quer se posicionar no mercado e o público que você deseja atingir.

Uma marca é geralmente composta por três partes:

  • Nome;
  • Símbolo;
  • Slogan (opcional).

As pesquisas de mercado, identificação do público-alvo e o posicionamento de mercado subsidiarão o desenvolvimento da sua marca.

É importante que você sempre verifique se já existe marca parecida ou igual. Além disso, evite plágios grosseiros de produtos já conhecidos. Outro ponto é a necessidade de registrar sua marca no INPI.

7 – Definição da estratégia de marketing:

É pela estratégia de marketing que você define quais as ações necessárias para alcançar as metas traçadas. É a forma como você se relacionará com todos os agentes do mercado. Estas estratégias podem ser direcionadas para os 5 compostos do marketing, que são:

  • Produto;
  • Preço;
  • Praça;
  • Promoção;
  • Pessoas.

Considerações finais

Como pode ver, são etapas bem definidas que constituem um bom plano de marketing. O erro é olhar para o marketing simplesmente como propaganda e como algo que não é mensurável.

Crie critérios e métricas para sempre avaliar seu plano. Esteja sempre atento aos imprevistos e novidades que surgirão com o tempo. Não tenha medo de realizar mudanças, adequar ações e corrigir metas.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!