Qual a diferença entre lucro real e lucro presumido?

Uma das primeiras decisões que o empreendedor precisa tomar ao abrir uma empresa é o regime de tributação mais adequado para seu negócio. Neste artigo você vai entender as principais diferenças entre lucro real e lucro presumido e então definir o regime ideal para sua empresa.

Os empreendedores que não têm conhecimento adequado para definir o melhor regime de tributação devem buscar auxílio de um bom contador. Este profissional é o mais indicado para avaliar cada negócio e fazer a escolha certeira.

Vale destacar que esta escolha é fundamental para que seu negócio seja tributado corretamente. Uma escolha inadequada poderá fazer com que você pague mais impostos do que realmente precisaria pagar.

Ainda é importante dizer que não existe um regime de tributação ideal, um não é melhor que o outro. Eles são apenas diferentes. Para algumas empresas o lucro real é o mais indicado, enquanto que para outras empresas o lucro presumido é a melhor opção.

O importante então é entender as principais diferentes entre lucro real e lucro presumidos e estar apto a escolher a melhor opção para seu negócio.

O que é o lucro real e como funciona

dicas de lucro real e lucro presumidoO lucro real é um regime de tributação que leva em consideração o lucro líquido da empresa, ou seja, os impostos são tributados sobre o lucro líquido após a apuração do mesmo em determinado período.

Então, antes de pagar qualquer tipo de imposto é necessário verificar se a empresa teve lucro ou não. No caso de empresas que não foram lucrativas em determinados períodos os impostos não são tributados, visto que a operação não foi lucrativa.

As exigências legais para este regime de tributação são maiores, quando comparadas ao regime de lucro presumido. Visto que a Receita Federal exigirá a comprovação do lucro declarado por meio de documentos fiscais e contábeis.

Algumas empresas são obrigadas por lei a utilizarem este tipo de tributação, como por exemplo as empresas que possuem uma receita anual acima de 48 milhões de reais e empresas relacionadas ao mercado financeiro, como bancos, cooperativas de crédito e empresas de títulos de capitalização.

O que é o lucro presumido e como funciona

O lucro presumido é um regime de tributação simplificado e pode ser adotado por qualquer empresa que não seja obrigada a adotar o lucro real.

A grande diferença entre o lucro real e o presumido é que neste último os impostos são calculados sobre uma margem de lucro pré-estabelecida. Ou seja, independentemente da lucratividade da empresa os impostos serão tributados considerando um percentual sobre a receita da empresa.

Esta margem de lucro estimada varia conforme o tipo de negócio da empresa. Para os negócios relacionados a atividades comerciais a margem de lucro presumida é de 8%, enquanto para empresas prestadoras de serviços a margem de lucro presumida é de 32%.

A escolha deste modelo de regime de tributação só é compensativa quando a sua lucratividade é similar ou maior às margens de lucro estimadas no regime de tributação. Caso contrário, você estará pagando mais impostos do que realmente precise pagar.

Para empresas com uma margem de lucro superior ao estimado no regime de tributação fica óbvio que optar por este regime irá reduzir o valor dos impostos a serem pagos.

Como escolher a melhor opção

Entender as diferenças básicas entre lucro real e lucro presumido é o primeiro passo para definir o melhor regime de tributação para sua empresa.

Entretanto, é importante avaliar com mais critério. É fundamental conhecer a legislação em vigor e descobrir se existe alguma obrigatoriedade de regime de tributação para o seu tipo de negócio.

Além disso é necessário conhecer todos os tributos que deverão ser pagos e compará-los. Neste caso você deverá conhecer muito bem as margens de lucro de seu negócio e fazer um cenário de sua empresa operando pelos dois regimes tributários. Você vai perceber que em alguns casos os regimes poderão até se equiparar.

Outro ponto que você pode levar em consideração é nas exigências de comprovação fiscal e contábil que cada um dos regimes possui. Empresas que operam com o lucro real são possuem uma contabilidade um pouco mais complicada.

Mais uma vez é importante ressaltar o papel de um bom contador para te auxiliar na definição do melhor regime de tributação para sua empresa. Existem detalhes que só um profissional com experiência pode perceber.

Finalizando

Estou certo de que este artigo poderá te auxiliar a fazer a melhor escolha de regime de tributação para seu negócio. Como falado anteriormente, não existe um regime melhor do que outro. O que existe é uma grande diferença dentre lucro real e lucro presumido.

Compartilhe este artigo com seus amigos que também querem aprender mais sobre estes dois tipos de regime de tributação e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!