Redução de custos para pequenas empresas

Investir em estratégias de redução de custos é importante para todas as empresas, mas é essencial para as pequenas empresas que, muitas vezes, possuem recursos financeiros limitados.

Reduzir as despesas deve ser um objetivo constante dentro de uma pequena empresa e não somente em momentos de crise. Para isso, é importante avaliar periodicamente os gastos e custos que a empresa possui e assim traçar boas estratégias para cortar gastos desnecessários e reduzir custos.

É certo que a redução de custos não se limita apenas a reduzir o investimento financeiro feito pela empresa, mas aproveitar da melhor maneira possível este dinheiro investido, evitando desperdícios e aumentando a produtividade.

Toda empresa possui uma infinidade de custos que variam conforme o tipo de negócio e o tamanho do negócio. Os custos podem ser com pessoal, matéria prima, equipamentos, manutenção, insumos básicos como energia elétrica e água, impostos, taxas e outras infinidades de opções. Você deve estar atento a todos estes custos, uma boa economia pode ser gerada onde você menos espera.

5 Dicas para redução de custos em uma pequena empresa

O objetivo deste artigo é apresentar dicas práticas para que você consiga reduzir os custos de seu negócio sem perder a qualidade de seus produtos ou serviços.

Vale lembrar que você deve criar estratégias que sejam aplicadas constantemente em sua empresa, assim você poderá aproveitar da melhor maneira possível o investimento feito em seu negócio.

1 – Elimine todo tipo de desperdício:

dicas para redução de custos em pequenas empresasA primeira dica para que uma empresa possa reduzir custos de uma maneira eficiente é eliminar todos os desperdícios.

O desperdício mais perceptível é o desperdício de matéria prima, seja por descuido dos profissionais ou por uma técnica inadequada de trabalhar os produtos.

Por isso, é importante ter uma equipe bem treinada e investir em técnicas de trabalho que aproveitem ao máximo todo o potencial da matéria prima. Além da matéria prima, é importante estar atento ao desperdício de insumos básicos como água, eletricidade e telefone.

O desperdício de água e eletricidade pode acontecer por dois motivos, o uso incorreto dos insumos e também com instalações inadequadas de água e energia elétrica.

Para evitar este tipo de desperdício é necessário conscientizar toda a equipe para o melhor uso de torneiras, descargas, iluminação e ar-condicionado. Além disso, é importante sempre revisar as instalações existentes em busca de vazamentos ou qualquer outro tipo de problema.

2 – Controle muito bem suas finanças:

Outro custo importante a ser eliminado são os custos com despesas financeiras. Que são os custos que envolvem o pagamento de juros, multas e taxas pela falta de controle e planejamento das finanças da empresa, em especial das contas a pagar e receber.

Estes custos podem ser significativos no final de um mês, ou do ano. Infelizmente passam despercebidos para maioria dos administradores de pequenas empresas.

Para muitos é uma rotina estourar o limite do cheque especial da empresa ou pagar faturas mínimas no cartão de crédito. Além disso, muitos recorrem a financiamentos emergenciais com juros exorbitantes, que dificultam ainda mais o funcionamento do negócio.

Outro grande problema para pequenas empresas é o pagamento de impostos indevidos. Para evitar isso é necessário contar com o suporte de um contador de confiança.

3 – Cuidado com as despesas com material de escritório:

Outro detalhe importante para quem deseja criar boas estratégias de redução de custos são as despesas com material de escritório.

O desperdício deste tipo de material é grande em muitas empresas. Em diversos casos, muitos produtos são comprados sem necessidade e o uso destes produtos acontece de forma indiscriminada.

Isso acontece também com as impressões em uma pequena empresa. É necessário evitar que sejam feitas impressões desnecessárias, para isso, você deve conscientizar todos seus profissionais para o bom uso dos serviços de impressões.

Quanto aos materiais de escritório, é importante concentrar a compra dos materiais em uma única pessoa. Esta pessoa deve ter consciência do que o escritório realmente precisa e avaliar de forma periódica o que precisa ser comprado.

Este é um tipo de despesa que muitas vezes pode parecer pequena, mas não é. Reduzir pequenos custos e despesas é a melhor maneira para chegar a um grande resultado.

4 – Administre melhor a mão de obra de sua empresa:

A despesa com pessoal é um dos maiores custos em qualquer tipo de negócio, em especial para pequenas empresas que prestam serviços.

Por isso, é essencial administrar bem a mão de obra envolvida em seu negócio. Todo o processo de contratação e demissão geram grandes custos para uma pequena empresa, assim, o melhor é focar em profissionais que permaneçam em sua empresa por um bom período de tempo.

Além dos custos de contratação e demissão, existem ainda os custos com a baixa produtividade de um profissional que ainda está em treinamento e que ainda é inexperiente.

Outro ponto importante é a contratação de profissionais que não são necessários. Em muitos casos, é melhor distribuir determinada tarefa para uma equipe já existente do que contratar outros profissionais.

Uma boa opção para pequenas empresas é a terceirização de alguns serviços. Assim você terá uma mão de obra para um serviço específico e por um tempo pré-determinado.

Avaliar a redistribuição de tarefas, o melhor aproveitamento dos profissionais que já estão em sua empresa e a possibilidade da terceirização são boas opções para evitar custos com a mão de obra em sua empresa.

5 – Não se apegue a coisas supérfluas:

A quinta dica para uma boa estratégia de redução de custos é cortar tudo o que é supérfluo para sua pequena empresa.

Você deve identificar aquilo que realmente é lucrativo para seu negócio e o que não é. Na maioria dos negócios 20% do trabalho gera 80% dos lucros. Ou seja, existe muito trabalho que produz pouco retorno, o melhor então é focar no que é realmente lucrativo.

Assim você reduzirá muito o custo de seu negócio. Para cortar o supérfluo será necessário abrir mão de situações que você considera imprescindíveis para seu negócio, mas que podem estar atrapalhando o desenvolvimento do seu negócio.

Você não deve confundir persistência com cabeça dura. É importante persistir em algumas ideias para elas se tornarem lucrativas sim, mas chega um ponto que devemos reconhecer que determinado negócio é mesmo ruim e que não gera nenhum lucro para a empresa.

Por isso, invista no que realmente é bom e lucrativo para seu negócio. Desta forma você já estará colaborando e muito para uma boa redução dos custos de sua empresa.

Finalizando

Agora, é hora de colocar em prática estas 5 dicas em seu negócio. É importante conscientizar toda sua equipe da necessidade de reduzir os custos e aumentar a produtividade. Mostre que isso será bom para todos. Para sua estratégia funcionar todos seus colaboradores devem estar envolvidos.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com sua experiência em redução de custos? Então, deixe um comentário.

Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Boa sorte em seus negócios.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!