Tipos de Clientes: Qual a melhor forma de atender cada um

A personalização do atendimento é essencial para que seu negócio deslanche. Você pode perceber que, cada vez mais, as estratégias de marketing são direcionadas para um sujeito específico. Por isso, descobrir quais são os principais tipos de clientes e como atendê-los da melhor forma será fundamental para seu sucesso.

É certo que cada ser humano possui características que o distingue um dos outros. Estas características são moldadas ao longo do tempo, conforme a educação recebida, os hábitos cultivados, o meio em que convive, as influências culturais e até mesmo a escolaridade.

Apesar de todas as influências externas, ainda sim, existem características que parecem ser próprias de cada indivíduo. Como prova disso, observamos diversas pessoas que vivem sob as mesmas condições, mas que desenvolvem temperamentos e costume distintos.

Vale lembrar que, todo processo de venda é acima de tudo uma forma de se relacionar. Por isso, ter um bom conhecimento de como lidar com as características de seus clientes pode te colocar na frente da concorrência. Uma boa capacidade interpessoal é o primeiro passo para uma boa venda.

Aproveitei este artigo para também apresentar os clientes de duas formas. A primeira parte do artigo vou falar sobre as características relacionadas ao comportamento. Na segunda parte serão indicados os tipos de clientes conforme a relação de cada um com seu negócio.

Confira a seguir os principais tipos de clientes e aprenda como cultivar uma boa relação com cada um deles.

7 TIPOS DE CLIENTES

1 – O cliente que sabe o que quer comprar:

quais são os tipos de clientesÉ um cliente que conhece seus produtos. Ele entra no seu estabelecimento com conhecimento prévio do que quer e geralmente faz suas compras com rapidez e praticidade. Confia mais em suas constatações do que nos esclarecimentos que possam ser feitos no atendimento.

Para conquistar este cliente é importante ter paciência em ouvir o que exatamente ele quer. Não tenha pressa em apresentar outras opções, entregue o que ele precisa e caso ele estiver disponível apresente algo a mais para ele.

2 – O cliente indeciso ou confuso:

É um tipo de cliente que geralmente se complica na hora de decidir o que realmente vai comprar. Pode até chegar com uma ideai muito clara do que quer na loja, mas quando se depara com outras opções a indecisão toma conta da negociação.

A paciência mais uma vez o segredo do negócio. Procure auxiliar este cliente a descobrir qual a verdadeira necessidade. Diferentemente do cliente que sabe o que quer, confia muito no suporte que você pode dar a ele para resolver a situação. Faça todos os esclarecimentos e indicações necessárias, isto será decisivo para finalizar a compra.

3 – O cliente comunicativo:

É aquele cliente que consegue se expressar muito bem. Pode não ter a certeza do produto que precisa, mas transmite com facilidade qual o problema que está enfrentando e o que ele espera de um bom produto.

É um cliente que facilitará a sua venda. O segredo é estar bem atento ao que o cliente está dizendo e aproveitar ao máximo todas as informações que ele irá transmitir. Este tipo de cliente provavelmente estará aberto às suas indicações e receberá com alegria seus conselhos.

4 – O cliente calado ou tímido:

O cliente calado ou tímido tem, diferentemente do confuso, não tem muitas dúvidas do que quer. A única questão é que se expressa de forma resumida e rápida. Provavelmente, este tipo de cliente te dará poucas informações do que deseja.

Para um bom atendimento é necessário estar atento a todas as informações que você receberá, pois serão poucas. É importante que você tome partido na conversa e faça perguntas simples para que o cliente te transmita informações mais detalhadas do que ele espera ou precisa.

5 – O cliente negociador:

É o cliente que não adquire nenhum produto sem antes negociar o valor. A sua busca por descontos ou melhores condições é incessante. Mesmo que você deixe claro que não tem nenhum desconto ele irá insistir. Alguns destes clientes até desistem de compras quase certas por não receberem descontos.

Tome cuidado ao atender este tipo de cliente. Caso seja possível realizar o desconto, então faça. Mas, não comprometa seu lucro de forma demasiada. Tente sempre esclarecer quais são as condições que você trabalha e os motivos do seu preço. Mostre sempre para este cliente o valor do produto, como qualidade, prazo e garantia.

6 – O cliente desconfiado:

O cliente desconfiado é aquele que está sempre com dúvidas sobre as informações que você transmite para ele. A impressão que este cliente tem em uma negociação é de que se ele não investigar tudo muito bem, ele estará sendo passado para trás.

Por isso, tente sempre deixar tudo muito claro com este tipo de cliente. Não deixe faltar informações necessárias. Mas, tome cuidado com o excesso de informações, não seja apelativo, lembre-se da impressão que ele tem de ser passado para trás.

7 – O cliente presunçoso:

O cliente presunçoso é aquele que considera que sabe mais do seu produto que você mesmo. Também tem o hábito de julgar seu preço e na maioria dos casos considera que seu preço está acima do que é justo.

Tome cuidado com este tipo de cliente, sempre passe todas as informações necessárias e tenha paciência.

TIPOS DE CLIENTES CONFORME O RELACIONAMENTO COM A EMPRESA

1 – Cliente potenciais:

São aqueles que ainda não são seus clientes. Não compram seus produtos, mas tem interesse pelo ramo que você trabalha. São, em muitos casos, clientes de seus concorrentes ou ainda não se decidiram por nenhuma marca. Já conhecem sua loja, sempre dão uma olhada, mas ainda não compram de você.

Para conquistar esta clientela você pode criar eventos ou trabalhar com amostras grátis.

2 – Cliente eventuais:

Os clientes eventuais já compraram de você ou eventualmente compram algo. Para aproximar deste cliente é importante que você tente manter um contato mais frequente, por meio das mídias sócias, e-mail, cadastros, envio de novidades e promoções.

3 – Cliente regulares

Os clientes regulares já compram de você com frequência. Confiam em sua marca e já não consultam mais seus concorrentes. Uma dica importante é continuar estreitando os laços com estes clientes. Crie promoções, programa de fidelização e um canal direto com eles.

4 – Cliente defensores:

Os clientes defensores são aqueles que ama seu negócio. Não abrem mão de seu produto e te indicam com frequência para amigos e familiares. Quanto maior a sua capacidade de criar clientes defensores maior serão seus lucros. Tente criar benefícios exclusivos para este público e não se esqueça de demonstrar o quanto eles são importantes para seu negócio.

Considerações finais

Como pode ver existem diversos tipos de clientes. É importante lembrar que as situações da vida podem ainda trazer características para os clientes, como: bom ou mal humor e agressividade.

Identifique quais os tipos de clientes que você e recebe em seu negócio e tente se relacionar com eles da melhor maneira possível. Acredite seus clientes são a chave do seu sucesso.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe este artigo com seus amigos e nos ajude a colaborar com a construção de uma cultura empreendedora.

Forte abraço.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!